quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Usuário de drogas

Atendemos um rapaz que é viciado em drogas há vários anos e, segundo ele, está se tratando para largar o vício. Além do seres 'de praxe' que o acompanhavam, um deles tinha uma ligação muito forte com ele pois na encarnação passada desse rapaz, ambos eram ligados ao tráfico. Este espírito era um dos obsessores do rapaz e alegava que ele lhe 'devia'. Ele afirmava que o rapaz vendia drogas para ele (isso ocorreu nos anos 80) e que não pagou alguma quantia acertada. Entretanto, os médiuns captaram algo a ver com uma filha dele, uma outra médium 'passou mal' com dores estomacias e vômito, e incorporou a filha do obsessor.
Uma vez percebida a relação da dívida do rapaz com a filha do obsessor, este passou a acusar o rapaz (o consulente) de ter provocado a morte de sua filha por overdose, mas ela mesmo incorporada revelou o que realmente aconteceu.
Seu pai (o obsessor) a drogava para abusar dela sexualmente. No estado que ela ficava ela não percebia o que ocorria, até que em uma das vezes, talvez por não estar ainda tão drogada, ela percebeu que ele mantinha relações sexuais com ela. E para piorar a situação ela descobriu estar grávida do próprio pai. Para não perpetuar aquele estado de coisas ela mesmo tomou uma overdose a fim de tirar a própria vida. Ela sentia inclulsive o bebê se mexendo dentro dela, dores no estômago, etc.
É uma história triste mas serve de alerta sobre os males que podem advir desse vício. Grudado ao rapaz haviam várias 'sombras', parecendo 'macaquinhos', sendo que alguns eram de seres desencarnados o parasitando enquanto que outras eram projeções inconscientes de 'amigos' com os quais ele compartilhava o vício das drogas. Pela idade do rapaz e pela época em que ele morreu não ficou muito tempo no astral e hoje está colhendo o que plantou na última vida pois como era traficante e induziu muitos outros ao vício, hoje sofre o retorno desses atos.
Abraços.

GELSON CELISTRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário