terça-feira, 31 de dezembro de 2019

Oxumaré

   Oxumaré é a cobra/arco-íris, um orixá masculino que rege a multiplicidade da vida, símbolo da continuidade e permanência, representa a riqueza e a fortuna, segundo as descrições mais comuns.


Oxumaré
      Recentemente num atendimento onde a consulente frequenta um terreiro de Umbanda há mais de vinte anos, eu queria falar com o chefe espiritual da casa no astral e ele se apresentou para mim como sendo Oxumaré, cheio de pompa. A primeira coisa que lhe perguntei foi sobre sua última encarnação aqui na Terra, quem ele foi antes de ser Oxumaré, e ele se indignou, dizendo que é o que é "desde sempre", e me retrucou dizendo que eu deveria ter acreditado sem fazer mais perguntas.


domingo, 29 de dezembro de 2019

O monstro do lago

      Em várias culturas encontramos criaturas míticas ou lendárias associadas a lagos. O mais famoso é o monstro do lago Ness, na Escócia, mas na antiguidade os gregos já tinham o Kraken. Este ser com o qual nos deparamos era uma figura bem estranha e poderia ser um primo da Medusa, pois da cintura pra baixo tinha o corpo de uma serpente, mas da cintura para cima parecia o Gollum Smeagol, dos filmes do Senhor dos Anéis.


       Este ser vivia na dimensão astral de um grande lago profundo e gelado na Suécia, o Lago Storsjön, onde existe a lenda de um monstro, Storsjöodjuret, o Monstro do Grande Lago, e o encontramos relacionado à vida passada de uma bruxa no final do século XVIII.   

quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

A bruxa da aldeia

     Quando passamos por algum problema ou dificuldade nesta vida não costumamos pensar nas possíveis origens kármicas, mas elas existem. Como geralmente na vida atual todos somos "pessoas boas" não conseguimos nos ver como pessoas ruins, capazes de fazer atrocidades, mas às vezes a sombra que procuramos extinguir com "nossa luz" da vida atual é bem mais tenebrosa do que gostaríamos de admitir.


     A pessoa que atendemos tem mediunidade ostensiva e sofre com processos obsessivos constantemente, literalmente se tirando um espírito e aparecendo dois ou três no lugar daquele. Já tratamos várias vidas passadas dela e essa que relato foi mais uma, onde um feitiço que ela fez ainda estava ativo, o que chamamos de arquepadia, quando um feitiço antigo continua ativo, mesmo que a pessoa que o fez já tenha reencarnado várias vezes e não tenha nem lembrança disso.

sábado, 21 de dezembro de 2019

Dr. Júlio

     Quem frequenta centro espírita kardecista não se surpreende com o espírito de um médico trabalhando no astral da casa, realmente é algo muito comum. Já num centro de umbanda não é comum pois as entidades geralmente são caboclos, pretos-velhos, exus, etc.

    Recentemente nos deparamos com o espírito de um médico, o Dr. Júlio, dirigindo os trabalhos de um centro de umbanda. Quando estava encarnado Dr. Júlio era um médico psiquiatra no estado de São Paulo e segundo nos contou frequentava eventualmente centros espíritas, tanto kardecistas como umbandistas, em busca de conhecimento para ajudar seus pacientes, pois percebia que as drogas que receitava não produziam os resultados desejados.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

Família

     Nesta época de final de ano é comum ocorrer um contato maior com a família, às vezes com parentes que não vemos muito seguido e também entre irmãos, pais e filhos, que por conta da correria do dia a dia, não se encontram com tanta frequência.  É comum também nessas festas de final de ano, onde todos procuram aparentar que sua família é perfeita e unida, onde todos se dão muito bem, se abrirem antigas feridas que procuramos ignorar ou fingir que não existem no resto do ano.