segunda-feira, 20 de junho de 2011

O bunker nazista

Ultimamente temos sido alvos de ataques constantes por parte das organizações trevosas e nossos familiares são um dos meios prediletos deles tentarem nos afetar. Apesar da encarnação limitar muito a ação desses seres, pq ficamos muito vinculados ao karma que estamos resgatando e existe um certo "roteiro" de coisas que podem ou não acontecer conosco, ainda sobra algum tanto de "livre-arbítrio" por onde eles nos influenciam e aos nossos familiares, provocando situações desagradáveis para nós.

Se nosso carma limita tanto as nossas ações quanto as dos nossos adversários aqui no plano físico da Terra, o mesmo já não acontece na dimensão astral, onde em desdobramento pode acontecer praticamente de tudo conosco.

A filha de uma das médiuns tem sentido dores nas pernas ao praticar até mesmo exercícios leves, sem causas médicas diagnosticadas. Ao verificarmos a situação no âmbito astral identificamos uma situação bastante estranha.

Um ser havia arrancado o osso de uma das pernas da filha da médium e colocado uma barra de ferro no lugar (isso na dimensão astral, estando ela em desdobramento inconsciente). Após retirar o osso ele a colocou numa espécie de fosso muito grande, cheio de sal, onde ela pemanecia, junto com uma grande quantidade de pessoas encarnadas em igual condição, com ossos do corpo retirados.

Cheguei a conversar com o tal ser incoporado mas não se aproveitava muito do que ele dizia, e logo que identificamos para quem ele recolhia os ossos o deixamos levarem preso. Havia muitas pessoas encarnadas nessa situação e na casa de cada uma delas havia um "olho", um sistema de vigilância 24 horas. Esse ser recolhia ossos para um grupo de cientistas trevosos que havia instalado um laboratório de pesquisas num bunker nazista.

Uma das acomodações do Bunker de Hitler.
O bunker era fortemente vigiado por soldados nazistas e ficava dentro de uma caverna onde havia uma quantidade imensa de ossos humanos, em várias salas, que descobrirmos serem parte de um experimento de cientistas trevosos que pretendem criar corpos humanos quando forem exilados, pois eles sabem que um dos locais para onde irão grande parte dos seres mais perigosos é um planeta em estado muito primitivo e não terão lá corpos em condições de externar suas faculdades racionais.

Eles pretendem "exportar" para este novo planeta ossos e outras partes de corpos humanos, a afim de produzir no astral do planeta e posteriormente no físico corpos humanóides para que possam ter uma vida razoavelmente parecida com a que levam aqui.

Para facilitar a ação da equipe espiritual eu me projetei em desdobramento supraconsciente no bunker, me apresentando como um general da SS nazista e ordenei aos soldados que largassem tudo pq iríamos abandonar o local, ao que apareceu um caminhão onde todos subiram. Provavelmente a maioria, senão todos, desses soldados deve ter morrido num bombardeio dentro de um bunker e nem tinha noção disso, acreditavam ainda estarem vivos e ainda em guerra. Esse caminhão na verdade era uma bolha energética para levá-los para outro local, enquanto a equipe providenciava a "recolocação" dos ossos em seus verdadeiros donos e a destruição do bunker.

Abraço.

Gelson Celistre

Nenhum comentário:

Postar um comentário