sábado, 18 de junho de 2011

Os últimos Minotauros

Creio que a maioria das pessoas já ouviu falar do minotauro, uma criatura mitológica que teria corpo humano e cabeça de touro. Segundo a mitologia grega este ser teria surgido do cruzamento de um touro com uma mulher.
Teseu combatendo o Minotauro, deJean-Étienne Ramey,
mármore, 1826,Jardins das TulheriasParis. Fonte: Wikipédia.
Na dimensão astral existem todos os tipos de criaturas que se possa imaginar, mas geralmente são humanos metamorfoseados ou então criações artificiais. Já estamos acostumados aos relatos dos médiuns videntes de seres os mais estranhos, geralmente para nos amedrontar ou pq se degradaram tanto que seus corpos mudaram de aparência, parecendo monstros.

Em nossa última reunião em dado momento os médiuns relataram que estávamos cercados por um bando de minotauros. Logo que foram percebidos, eles sumiram e ficou apenas um, que se identificou como sendo líder do grupo e dizendo que queria falar conosco.

Acabáramos de enfrentar uma organização trevosa que pretendia reconstruir corpos humanóides no planeta-exílio (será motivo de outro post esse assunto) e logo imaginamos que essas criaturas tivessem sido enviadas em represália por termos destruído mais uma base trevosa. Nossa reunião é muito descontraída e fizemos até algumas piadas com a situação mas pedi a uma das médiuns que desse passagem para o ser a fim de ver o que ele queria.

Para nossa surpresa este minotauro não queria nos agredir e veio sim pedir ajuda ao nosso grupo. Ele disse que eles, os minotauros, são sempre associados com o mal mas que eles não são maus por natureza, são  apenas diferentes. Disse que sua raça não existe aqui na Terra há muito tempo e que ouvia dizerem que eles seriam exilados e como líder de um grupo de 28 minotauros ele veio pedir ajuda.

Perguntei onde eles viviam e pq achavam que seriam exilados se não são maus e ao mesmo tempo pedi a outro médium que verificasse onde eles viviam. O médium os viu comendo pedaços de outros animais e o minotauro me disse que eles serviam a um grupo de magos e que sua função era vigiar o castelo deles, mas que não se envolviam com humanos (em obsessões, vampirizações e coisas do gênero).

Perguntei-lhe algumas coisas mais e em resumo ele disse que não sabia da existência de outros minotauros no astral além desse grupo do qual ele faz parte, disse nunca ter encontrado outro grupo de minotauros para se reunir a eles. Tbm quiz saber pq ele veio justamente a nós solicitar ajuda e se tínhamos alguma ligação (com nosso grupo) kármica, ao que ele respondeu que não tinha ligação nenhuma conosco e que veio a nós pq os magos do castelo que ele vigiava nos monitoravam constantemente e executavam vários planos de ataque contra nós.

Disse ao minotauro que os ajudaríamos a não serem exilados e que ele chamasse os demais, o que ele fez em seguida e logo os outros 27 apareceram. Nossa equipe espiritual abriu um portal dimensional e os enviou para um mundo (uma frequência) onde havia muitos campos e matas, muito verde, a fim de que eles pudessem viver ali.

É claro que aproveitamos a oportunidade para invadir o castelo dos tais magos e o destruir. Houve um enfrentamento entre esses magos e nosso grupo, juntamente com a equipe espiritual, e eles foram derrotados. Eram seres realmente maus e sem condições de permanecer aqui na Terra, já selecionados para o exílio.

Não temos como saber ao certo se realmente em remotas eras os minotauros pisaram o solo terrestre e nem o pq de existir uma raça assim, meio homem meio touro, mas podemos pensar na possibilidade de povos já extintos em nosso orbe terem feito experiências genéticas com genes humanos e animais. No astral eu já trabalhei, em minha época de trevas, com experiências desse tipo, de misturar corpos humanos e animais, e já nos deparamos com vários grupos trevosos que fazem esse mesmo tipo de experiência. Os magos negros atlantes certamente possuíam conhecimento suficiente para tanto e nossa ciência, por mais limitada que seja, já caminha nessa direção. A China e a Argentina já criaram vacas clonadas transgênicas com genes humanos para produção de leite "materno"...

Abraço.

Gelson Celistre

Nenhum comentário:

Postar um comentário