terça-feira, 3 de março de 2020

Winky e Luna - Apometria para animais


      Para quem não sabe, os animais domésticos possuem alma e reencarnam assim como nós humanos. Eles ainda não tem um raciocínio como o nosso, estão aprendendo a lidar com os sentimentos, mas já esboçam uma noção de certo ou errado, de bem e mal, e por conta disso também geram karma. É evidente que o peso kármico da ação de um animal não é o mesmo que de um humano, mas é assim que funciona o ciclo evolutivo reencarnatório e no futuro estas almas de animais habitarão corpos humanos.


     Atendemos duas cachorrinhas, Winky e Luna, para verificar porque uma delas tem um comportamento agressivo com a outra. As duas foram resgatadas de um canil clandestino no ano passado, imaginem o que não passaram, e desde então estão num lar onde recebem muito amor e carinho.
     Tal como nós humanos trazemos resquícios de nossas experiências e nossas personalidades de vidas passadas, com os animais domésticos não é diferente, então cada um cria uma personalidade única.
      A cachorrinha mais agressiva, Luna, em sua vida anterior morava no campo, era quase um cão selvagem, pois vivia livre nas matas e campos e caçava outros animais para se alimentar. Seus donos só lhe davam comida quando sobrava alguma coisa da mesa deles, então se ela não caçasse não sobreviveria. MOrreu por causa de uma picada de cobra. Provavelmente foi uma das primeiras encarnações dela como animal doméstico, então ainda tinha muita conexão com seus instintos mais primitivos, ainda mais vivendo no mato.
     Por conta de sua vida passada Luna na vida atual é territorialista, acha que a casa é toda dela, e que Winky quer roubar o que lhe pertence, que é tudo que tem na casa, principalmente o amor e carinho dos donos.
     Já Winky em sua vida passada foi pega logo depois do nascimento para ser cãozinho de companhia de uma criança, mas a criança não se apegou muito a ela e a família não exitou eu abandoná-la na rua quando mudaram de casa, sendo a cachorrinha ainda filhote. Então na vida passada Winky teve um lar mas foi abandonada e virou um cão de rua.
     Essa vida passada da Winky deixou ela nessa vida com medo de sofrer, medo da mão que lha dá carinho lhe agrida, mas ela é dócil e confia mais na Luna, mesmo sendo agressiva com ela, do que nos humanos.
     Conectei o mental da Luna com uma médium e conversei com ela através desse sistema. Os cães não falam mas o pensamento (energia mental) pode ser captado e interpretado pelo mental do médium, assim tentei fazer ela ser menos agressiva com a Winky, mas o instinto territorial dela é muito forte e ela só via a outra como uma intrusa.
     Para tratar essa agressividade instintiva da Luna usamos uma energia de maternidade, amor de mãe, energia que foi tratada para poder ser absorvida por ela, que logo após já ficou mais tranquila e menos agressiva.

     Quem quiser saber mais sobre a espiritualidade dos animais leia nosso outros posts sobre o assunto:
Gelson Celistre



2 comentários:

  1. Muito legal saber dos animais. Recentemente perdemos nosso gatinho mais velho, tínhamos 3, até dormem conosco e faço energizações neles e os incluo os proteger também para que não peguem cargas negativas, pois sei também que pessoas negativas que nos invejam podem nos fazer mal via pensamento ou mesmo fazer trabalhos espirituais do mal para nos atingir, mas sei que a proximidade com os gatos eles podem absorver essas energias, adoecer e morrer, então penso energeticamente na família, e os limpo também para que não segurem cargas do ser humano que tem mal olhado. Quarta, 26 Fevereiro, aniversário de nossa filha ele morreu, estamos tristes, mas sabemos que fizemos nossa parte em cuidar dele, demos remédios, injeções, gastamos dinheiro, mas com a idade morreu, e fizemos tudo que podíamos, damos amor e carinho ao longo de sua jornada onde o tiramos da rua. Mas vi noutros 2 gatos como eles reagiram e sabiam, e nos avisaram da morte do amiguinho antes de acontecer, eles se afastavam e miavam estranhamente, um jeito único, agora sabemos. Minha esposa Renata dorme com a Katarina (gatinha preta), ficam lindas agarradas juntas, já o Pitico (gatinho preto) dorme do meu lado, mas o interessante é que minha esposa um dia sonhou com uma garota humana olhando prá ela e mentalmente se dizendo que era filha dela, intrigante, porque minha esposa acordou de manhã louca pra contar o sonho, teve certeza absoluta que o sonho mostrava a ela que Katarina (a gatinha) tinha se formado humana, e se o sonho estava correto, minha esposa sentiu que a energia era parecida com a da gatinha, e a comunicação mental das duas se provava para ambos. Quis mencionar isso, pois já sabíamos que o nosso carinho e amor pelos animais, fazem com que tenham um dia, uma experiência mais humanóide, viram de fato a nossa raça. Não era de se esperar que às vezes eu e esposa brincamos com essa verdade, pois vemos como Katarina por mais carinho que receba, ela é má, machuca outros gatos e morde prá valer que arranca tufo de pelo, e não entendemos porque ela que recebe tanto carinho tem essa "persona-gatil", brincamos dizendo, ela está prontinha para ser humana, cruel, vingativa, encrenqueira e por mais que receba carinho, ela paga na violência com outros..., kkkk foi mal pela sinceridade, mas fazemos nossa parte, os amamos tanto, que não comemos carne nem animais, eu já desde 1994, sigo firme nesse propósito, abraço à todos, e o blog, leio todas as histórias, sinto muita verdade nisso tudo, também conheço a espiritualidade, tenho consciência disso tudo, parabéns Gelson.

    ResponderExcluir
  2. Seus posts são interessantes. Merecia um livro.
    Já imaginava também que os animais tivessem algum tipo de karma. Seria como uma lei universal e automática. A questão da personalidade dos animais também é interessante. Até em peixes de aquário da mesma espécie percebo personalidades diferentes.
    Já viu o documentário nascido para reinar sobre uns leões na África? É um documentário muito interessante e já mostra a ligação entre dois leões e a personalidades fortes deles. Dá para ficar imaginando como seria a ligação deles em um futuro distante e as suas personalidades.

    ResponderExcluir