sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

A pitonisa

Uma das médiuns está passando uns dias na casa da mãe, que estava na praia, e acabou dormindo no quarto dela. Ela notou que havia muitos espíritos no quarto, embora não os percebesse nos outros cômodos da casa. Lembrou inclusive que a mãe reclama que não consegue dormir.


Efetuamos uma rápida verificação e vimos que realmente havia muitos espíritos no quarto. Colocamos a mãe dela lá em desdobramento e vimos que esses espíritos na verdade a idolatravam, a viam como uma deusa. Foi percebido na senhora mãe da médium placas grudadas em várias partes do corpo dela, de onde saíam fios que se perdiam no infinito.

Seguindo os fios nos deparamos com uma cidade umbralina, que pelo estilo arquietetônico das construções parecia Jerusalém. Era uma cidade muito antiga e que era mantida por sete pessoas encarnadas, que localizamos em diferentes continentes. Uma dessas pessoas era a mãe da médium.

Estas sete pessoas no passado foram pitonisas nessa cidade e criaram uma ligação energética muito forte com o local. Não conseguimos saber o motivo exato mas foi visto que as entidades que governavam essa cidade umbralina não queriam que essas sete pessoas se encontrassem no plano físico por algum motivo, de modo que conseguiram manipular as reencarnações delas para dificultar que se cruzassem por acidente no plano físico. Além da mãe da médium que mora no Brasil, as outras estavam no Japão, Peru, e em países da África, Europa e Arábia.

Apagamos essa frequência da mãe da médium e recolhemos a cidade inteira, envolvendo-a num campo de força vibratório.

O número de dimensões que existem no universo é incalculável e por vezes, embora se saiba da existência de seres vivendo isolados em determinadas frequências, como se fossem mundos à parte, não se tem o endereço vibratório desses locais, o que dificulta sua localização, principalmente quando os govenantes de tais locais não querem ser encontrados e movimentam vibratoriamente o local, dificultando seu rastreamento.
A existência de algum encarnado ligado vibratoriamente a esses locais é o que as equipes de resgate necessitam para os encontrar.

Gelson Celistre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário