sábado, 20 de agosto de 2011

O criador do reiki - parte 2 - final

Leia antes O criador do reiki - Parte 1

Reiki Usui - Nível 2

Quando verificamos a segunda iniciação no reiki a médium se viu dentro de um poço muito profundo, com paredes de pedra, onde ela estava em pé olhando para cima.

- Vejo três magos lá em cima e eles estão olhando para baixo... olha só que estranho, vejo algo bem no centro da minha cabeça, na parte de cima, como se fosse um buraco... existe uma energia escura que desce e entra nessa fenda na minha cabeça e à medida que ela vai entrando sinto uma pressão enorme na minha cabeça, como se fosse arrebentar meu cérebro... estou abaixada com as mãos na cabeça, a dor é muito forte...


Após estar literalmente "no fundo do poço", a médium foi para outro local durante sua iniciação no nível 2 do reiki:


- Estou agora em frente a um mago que me olha fixamente e ele está me dizendo: - Agora vc verá o que "eu vejo" (quero que veja)... sentirá o que eu "sinto"(quero que vc sinta)... vc fará o que eu faço (quero que vc faça)... e em seguida estou vendo um dos cursos de reiki que organizei... lembro bem que no primeiro curso de reiki que organizei eu passei muito mal no primeiro dia... tive uma queda de pressão repentina, fiquei muito pálida e quase desmaiei... o tal mago está dizendo que eu incentive as pessoas a praticarem o reiki, coisa que eu realmente fiz durante um tempo... agora ele está fazendo algo em volta de mim, como se fosse um dos símbolos que a gente usa (do reiki) e é como se estivesse me amarrando na energia desse tal símbolo...


Nesse momento a médium acabou sintonizando com as entidades que a "iniciaram", se desdobrou e foi até o local no astral onde elas estavam naquele momento,

- Me sinto muito estranha, como se tivessem coisas/objetos flutuando na minha mente e estou começando a sentir sono...

Mas as entidades perceberam ela lá e começaram a extrair ectoplasma dela (dái o sono). Eu me projetei nessa frequência em desdobramento supraconsciente e eles passaram a me "examinar".


- Eles estão te vendo mas não gostaram, estão procurando algo em vc, e como não estão encontrando se irritaram com a sua presença... todo reikiano tem uma "marca" que é feita logo na primeira iniciação, pq assim eles tem como identificar até mesmo os que não foram "iniciados" por eles... na iniciação deles ocorre isso, eles marcam as pessoas que eles "iniciaram"...

 Nesse ponto paralisei os magos e a médium passou a ver sua iniciação no nível 3.


Reiki Usui - Nível 3

 - Estou me vendo em um lugar que parece um tipo de sala, bem ampla, é tudo branco nessa sala e me vejo de costas para um homem, que parece estar acoplando algo em diversos pontos da minha coluna, na localização de cada chacra, e existe algo ali que permite que eles se liguem aos meus chacras... é um aparelho que parece bem moderno mas é difícil de ser descrito...

 Me desloquei até a médium e comecei a retirar o tal aparelho das costas dela:

- À medida que vc vai tirando os objetos ou sei lá o que das minhas costas vejo um tipo de energia escura saindo junto, como se fosse uma fumaça, igual quando a gente abre um freezer e sai aquele frio... é mais ou menos parecido... na cabeça tbm tinha mas parecem um pouco diferentes, tem algo que se ramifica para dentro do meu cérebro e por isso está mais difícil de vc tirar... está quase terminando... e deixou por último a ligação com o chacra da base da coluna... a energia que sai dele é um pouco diferente, não é escura como as outras, é avermelhada...

Nesta sala onde a "reikiana" foi submetida a um implante de aparelhos de alta tecnologia, utilizados principalmente para extração de energias vitais, havia um tipo de cientista, que trabalhava em conjunto com os magos (do poço), que prendemos, e nossa equipe espiritual levou.

Voltamos ao local onde estavam os magos (o poço) pois eles estavam "iniciando" outras pessoas. Eles tentaram fugir mas foram todos paralisados. Havia inúmeros "poços" onde eles submetiam os iniciados ao seu processo de hipnose e onde mantinham as pessoas presas em desdobramento. Todos esses poços estavam interligados e havia uma entidade recolhendo a energia deles.

Nossa equipe espiritual providenciou a sintonia da médium com este ser, que vestia-se todo de preto e tbm usava um turbante preto com uma pedra brilhante, tinha cavanhaque e olhos pretos tbm. Ao vê-lo a médium sente uma forte dor nos olhos, que começam a arder e lacrimejar. Ele diz mentalmente a ela que é um castigo por ela tê-lo visto. Ele se aproxima dela e aperta seu pescoço. Em desdobramento supraconsciente eu me aproximei deles, fiz ela soltar ela e tbm retirar o que havia colocado nos olhos dela. A médium vê duas esferas negras saindo de seus olhos e a dor cessa.

Enquanto isso nossa equipe continuava a retirar os iniciados em reiki dos poços e os destruir, um trabalho que demorou muito tempo pois eram muitos milhares. Este ser, tal qual o do relato anterior, tbm tinha intenção de criar uma "seita do novo milênio" aqui no plano físico com a intenção de ser o "guru" dessa nova seita quando reencarnasse, algo na linha dos "povos intergaláticos". Esta "coincidência" me fez crer que havia alguma outra mente mais astuta manipulando os desejos de grandeza desses seres e foi investigando isso que chegamos ao verdadeiro criador do reiki.

O verdadeiro criador do reiki - Mago Oslon

Rastreando as conexões energéticas do ser de turbante, a médium se conectou com a frequência do mago negro Oslon, o verdadeiro criador do reiki. Ele vivia num castelo situado em densas regiões do astral inferior, tinha uma longa barba, cabelos brancos, e vestia uma túnica.

Na entrada do castelo havia dois seres de vigia, parecendo demônios, com feições grosseiras, orelhas pontiagudas, dentes afiados, rabo e pequenas asas nas costas. A energia do local era muito densa.

Eu e a médium observamos os demônios guardiões por um instante e passamos por eles sem sermos vistos, pois estávamos em uma frequência mais alta que a deles. Dentro dos muros do castelo havia um jardim e no centro desse jardim havia um poço, onde estavam aprisionados vários espíritos (em desdobramento) de "mestres de reiki" que falharam em suas "missões" de angariar novos adeptos.

Para entrar na construção interna do castelo onde ficava o mago Oslon, a torre, precisamos ultrapassar uma barreira magnética que quase esgotou a médium devido ao grande dispêndio de energia. Na base dessa torre havia um porão onde estavam armazenados grandes recipientes contendo ectoplasma, recolhido de "reikianos" em geral. Três espíritos com aparência de cientistas eram responsáveis pela guarda e manipulação dessa energia.

Oslon já havia notado nossa presença nesse momento, mas ficou impassível e não fez menção de nos atacar. Talvez estivesse nos estudando. De repente, num piscar de olhos, todos nos transportamos para um grande salão, onde além de Oslon havia outros 12 magos, posicionados logo atrás dele.


A batalha contra os magos

Com a ajuda da médium, criei um círculo de fogo ao redor do grupo de magos, mas o mago Oslon, com os braços cruzados numa atitude de empafia, bateu um de seus pés no chão e o fogo se apagou. Ele acredita saber do que somos capazes e não nos teme pois acredita que seu poder é maior.

Após apagar o círculo de fogo que criei ele criou tbm um círculo ao nosso redor, só que feito de algum tipo de energia, e que ia se fechando, como se fosse nos esmagar. Fiz a mesma coisa que ele, bati o pé no chão e o círculo de energia dele desapareceu. Cruzei os braços e o encarei com um ar de deboche.

Os magos então, a uma ordem mental de Oslon, nos cercam. Eu crio uma esfera de energia acima de nossas cabeças que começa a sugar todos eles para dentro. O velho mago tenta se apoderar da esfera para libertar seus comparsas e iniciamos uma batalha de forças, enquanto a médium cria a imagem de um grande pentagrama atrás do mago, como se fosse uma enorme teia de aranha. Um golpe de energia meu arremessa o mago de encontro ao pentagrama, que leva uma espécie de choque quando bate no pentagrama e fica preso nele.

O pentagrama de energia está sugando as energias de Oslon e enviando para outra dimensão. Ele está agora visivelmente mais fraco. Os três cientistas que guardavam o ectoplasma retirado dos reikianos já perceberam a derrota iminente e tentam fugir, eram dois homens e uma mulher.

A médium os persegue por um longo corredor subterrâneo, mas eu me projeto na frente deles, que ficam encurralados e são presos. Nossa equipe espiritual já está chegando pra recolher os magos e uma meia dúzia deles é encarregada de cuidar do ectoplasma armazenado no porão, pois ele será usado em nosso hospital e para tratar os inúmeros espíritos que estão escravizados ali.

O mago Oslon foi o criador do reiki. Ele buscava uma maneira de poder coletar mais ectoplasma dos encarnados, uma energia com uma certa "qualidade", melhor do que a energia retirada de bêbados e viciados. Foi então que ele teve a idéia de criar o “reiki” (energia universal), visando principalmente pessoas crédulas e com pouco conhecimento sobre a realidade espiritual.

As pessoas são imediatistas e materialistas, não gostam e nem querem estudar e modificar seus próprios vícios e defeitos. Tbm são vaidosas e superficiais em sua maioria e gostam de coisas exóticas e místicas, afinal, este é o espírito da Nova Era. O Ocidente se voltava para o Oriente e importava filosofias e práticas antigas. A combinação era perfeita. Juntando tudo isso e suas práticas magísticas, Oslon criou o reiki.

Não exige estudo nem concentração, vc não precisa parar de fumar nem de beber, não precisa ter uma boa conduta moral, enfim, a única condição necessária para ser um "reikiano", é ser iniciado por um "mestre reiki". Após a iniciação a pessoa, de um "zé ninguém espiritual", passa para a condição de "mestre", pondendo curar a tudo e a todos. Tudo isso pode ser seu mediante o pagamento de uma (não) pequena quantia, afinal, nenhum preço é alto o bastante para te dar o "poder" e o "status" de ser um "mestre de reiki".

A idéia deu certo e o mago Oslon encheu seus porões de energia (ectoplasma). Inserido nos símbolos, existem códigos que direcionam a energia e identificam os reikianos, provocando inclusive alterações em suas mentes, de forma diferente de acordo com o temperamento e carma de cada um.

A vaidade e insanidade de muitos mestres de reiki, assim como a de espíritos com mania de grandeza, foram bem exploradas por Oslon, que permitiu e incentivou a criação de vários subsistemas de reiki, pois assim teria muito mais mestres iniciando pessoas e reikianos enviando energia aos quatro cantos do mundo, todos conectados à egrégora do reiki, comandada por ele. Ele recolhia toda a energia (ectoplasma) que precisava e ainda negociava o excedente no submundo astralino.

Ainda há muitos seres das trevas ligados a "mestres de reiki" e recolhendo as energias dos encarnados que foram iniciados por eles e vai levar muito tempo ainda até que todos sejam descobertos e presos pois os "reikianos" acreditam no "reiki" e continuam a "enviar reiki" e a incentivarem outras pessoas a se "iniciarem".

O mago Oslon era poderoso e estava em seu castelo há milênios sem reencarnar e só conseguimos prendê-lo pq nossa equipe espiritual planejou muito bem essa operação. Meu contato inicial com o reiki há cerca de 7 anos quando iniciei a prática mediúnica, assim como a médium que me auxiliou, há uns 10 anos, , não foram acidentais.

Foi um direcionamento deliberado, embora nós não soubéssemos na ocasião, para criar ligações com entidades trevosas que eram peças "chave" nessa operação. O tempo decorrido desde nossa iniciação e nossa incessante prática espiritual como dirigente de apometria, desde então, nos permitiu acessar e utilizar diversas frequências de vidas passadas onde fomos magos negros e feiticeiros poderosos, só que agora utilizando esse conhecimento para a prática do bem, capturando antigos comparsas e rivais.

Assim como o reiki muitas outras "novidades" espiritualistas foram criadas pelas mentes trevosas e com o tempo seráo tbm desmascaradas. São práticas criadas para "pegar" os despreparados e desavisados.

Nossa equipe resgatou os espíritos presos no castelo, tanto encarnados desdobrados como desencarnados, e o castelo foi destruiído. O mago Oslon foi levado preso no pentagrama energético e será exilado.

Não investigamos se realmente existiu alguém chamado Mikao Usui, ou se existiu se foi apenas usado seu nome e história por Oslon para dar credibilidade ou uma "origem" ao reiki, mas temos certeza de que ele, o mago Oslon, foi o criador e mentor de toda essa farsa de iniciações que visava a exploração de energias vitais de pessoas encarnadas.

Gelson Celistre

17 comentários:

  1. OLHA SOU INICIADA ACHA REIKI OTIMO SERA QUE TO ERRADA

    ResponderExcluir
  2. Gelson,eu só não estou chocada pq. estou passada já há algum tempo,com o que ando sabendo,rs...
    Mas é uma surpresa muito grande,pq. aplico o reiki e o faço de coração e visando o bem,sou voluntária e não é cobrada a aplicação e é realizada num centro universalista.Será que dessa forma corta qualquer vínculo com esse tipo de entidade maligna?...Não bebo,não fumo,sou vegetariana e procuro seguir a doutrina de Jesus
    Buda,kardecista,enfim,que seja voltada para o bem.Ou uma vez iniciada no reiki,
    independentemente de qualquer coisa,nos tornamos um tipo de vampiros energéticos trabalhandosem saber para o mal?....Poderia me esclarecer um pouco mais?Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  3. Oi Regina,

    O que encontramos em dezenas de desconexões que fizemos é que no ato da iniciação o reikiano é ligado a entidades das trevas....
    Penso que se a pessoa tiver merecimento pode até ser desconectada por algum ser do bem que a ajude, isso teoricamente. Mas na prática todos os reikianos que desconectamos estavam ligados a entidades trevosas e sendo vampirizados, inclusive alguns que eram trabalhadores ativos "do bem", ou seja, mesmo trablhando para a luz ainda tinham uma frequencia aberta no reiki onde eram sugados.
    Alguns reikianos são apenas sugados em suas energias e outros alem de sugados tbm sao usados para sugar os outros, cada caso tem que ser avaliado individualmente.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Gelson,será que pode ser a ligação por pensamentos,sentimentos,energia e atitudes,muito desiquilibradas e com tendências negativas,e que o reiki,por abrir canal para tornar-se mais receptivo às energia, acaba contribuindo para a ligação com o mal?...
    E impedindo o bem de ajudar por respeitarem o livre-arbítrio da pessoa,ou mesmo,pela dificuldade provocada pela falta de afinidade energética?...
    Pq. deve haver formas de impedir essa manipulação e domínio das trevas,sobre nós,independentemente de ter sido iniciado em alguma doutrina ou não.Quero acreditar que o bem,assim desejando,tem mais força e controle que o mal...Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Oi Regina,

    Tudo acontece de acordo com nosso carma e merecimento. O reiki foi só mais uma forma que encontraram de explorar nossas fraquezas e tendências. As trevas não podem tudo, elas só agem dentro do limite do livre-arbítrio do indivíduo pois tem coisas em nossa vida que não podem ser alteradas. O bem sempre triunfa e mesmo as trevas acabam trabalhando para a luz.
    Esse processo todo de estarmos envolvidos com o mal faz parte de nossa evolução como espírito e à medida que galgamos patamares mais altos em nossa jornada somos menos suscetíveis de ser influenciados e acessados por nossos antigos companheiros que ainda se encontram na escuridão.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Olá Gelson tudo bem? Sou praticante de apometria e de Reiki. Acho estranho estas conexões desses magos negros com o Reiki. Uma vez li um relato de um praticante de apometria sobre estes magos negros e fui verificar em uma viagem astral. Eles realmente de fato existem e é uma energia bem complicado de lidar. Alguns amigos reikianos ao ler o relato chegaram a loucura e após tratamentos com apometria voltaram ao normal.

    Existem muitos mitos no mundo reikiano. Posso lhe afirmar com convicção que os símbolos e a iniciação do Reiki derivam de dois Budas; Dainishi Nyorai e Daimarishi Tem. Eles são os dois guardiões do Reiki. Ano passado tive experiencias muito fortes que confiaram tudo isto. Uma obra boa se chama "O grande livro de símbolos do Reiki", no qual demonstra que os símbolos do Reiki vieram do Budismo Esotérico e Dainishi Nyorai é uma deidade indiana, porém em diferentes formar como Tara Branca no tibet. Os símbolos do Reiki são encontrados em livros sagrados hindus e em outras religiões do japão e china. Pesquisa e verifique estas informações inclusive no astral.

    Abraços de luz
    Edgar

    ResponderExcluir
  7. Oi Edgar,

    Já fiz dezenas de verificações e sempre encontramos as mesmas situações. Os iniciados em reiki desdobrados no astral e presos, sendo vampirizados por entidades das trevas.
    O reiki foi inventado por um mago negro e não tem nenhuma entidade "de luz" que seja guardiã do reiki. Vide meu post http://apometriauniversalista.blogspot.com/2011/08/quem-foi-mikao-usui.html

    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Olá sr Gelson!
    Suas afirmações não podem ser rebatidas por quem acredita no reiki como sendo uma proposta da Luz. Mesmo porque será uma conversa sem fim. Ou acreditamos no sr. Gelson ou na filosofia reiki. Como sair desse impasse? Acho um pouco irresponsável "jogar" assim uma afirmação dessas sem que possamos verificar a veracidade disso, só pelas suas reafirmações sem fim. Mesmo porque não teriamos como verificar já que os planos sutis são multidimensionais, você concorda? Eu ou meu vizinho poderíamos ter escrito ou afirmado isso com a mesma ênfase. Imagino que como está a muitos anos em um trabalho apométrico, sabe que a humildade é uma das maiores virtudes e todos nós, com nossos eus distônicos vivos, (dragões, dionisios, vampiros, enfim...), devemos ter muito cuidado para não deixar-nos envolver pela sombra, mesmo sem nos darmos conta.
    Eu particularmente sinto que o que você diz, faz sentido, (não sou reikiano e me auto-expulsei da igreja messiânica com seu "penduricalho" escravizador (se chama ohikari o medalhão), pelo mesmo motivo. Me sentia estranho naquele rebanho. Mas enfim...sou do segmento de comunicação e tenho muito cuidado com as fontes de onde se originam as afirmações.
    Gostaria de saber mais sobre você, quem é o Gelson Celistre? Sua formação, caminho e lugares que frequenta como altruísta e caridoso. O que faz profissionalmente. Se não se importa, gostaria de saber mais. E quanto a fraternidade branca, você pode mesmo ter razão. Mas é mais uma afirmação que não podemos verificar. Você entende. Cuidado para não se auto impor (compulsóriamente) a alcunha de profeta apocalíptico, sr. Gelson. Obrigado Aguardo

    Cesar Selvini

    ResponderExcluir
  9. Olá Cesar,

    Eu não vejo como irresponsabilidade o que eu afirmo sobre o reiki. Assim como qualquer um, vc ou seu vizinho, podem afirmar o que quiserem eu tbm posso. A questão é em quem acreditar, em mim ou em vc ou seu vizinho. Minha opinião é embasada nos fatos que eu apresento nos relatos e obtida através de trabalhos mediúnicos. Como vc disse, nada disso pode ser comprovado "cientificamente", pelo menos pelo grande público, nem o que eu digo nem as estorinhas sobre a origem do reiki, do Mikao Usui, etc.
    O que eu descobri com meu trabalho está ai, cabe ao leitor analisar e acreditar ou não.

    ResponderExcluir
  10. Sobre eu ser altruísta e caridoso, esse não é o meu perfil. Leia mais relatos que vai saber muito sobre mim.

    ResponderExcluir
  11. Claro que é seu perfil, Gelson. Trabalhos apométricos são uma forma de ajuda irrestrita a nossos irmãos, que estão "no mesmo barco" que nós. Isso é caridade, também.
    Entendo caridade de uma forma ampla, não me referi a dar comida para mendigos que dormem nas ruas.
    E sim, venho lendo seus relatos e mais do que as estorinhas, tento perceber sua postura nas interpretações dos seus próprios trabalhos. E estou admirado, gostando mesmo. Parabéns.
    Obviamente fiquei chocado como muitos, com essa história do reiki e do johrei também. Nossa...
    E justamente por isso temos todos que desconfiar de TUDO que lemos, num primeiro momento. Até mesmo dos SEUS relatos. E depois analisar melhor. De segundas intenções, o mundo está cheio. E carneiros cegos,(nós), existem aos baldes.
    Existem blogs, de ficção pura, de gerenciadores com formação acadêmica e tudo mais, mas o que querem mesmo é audiência para venderem suas bases ativas para outras empresas e fazer grana.
    Por isso me desculpe se num primeiro momento fui contundente.

    Faço parte de uma casa do caminho de reumanização também. Que está sob a égide de Francisco de Assis, e da noure crística, trabalhamos com várias correntes, de elementais à hierofantes, dos senhores do carma ( nada a ver com sete raios, ashtar, etc...nada disso),às clarissas de Santa Clara e templários redimidos, persas, entre outras frentes. Então, você sabe como temos que orar e vigiar sempre. Parabéns, novamente, pelo seu trabalho, Gelson.
    abraços

    ResponderExcluir
  12. Gelson, eu sou iniciada no Reiki, nível I e II...agora fiquei assustada...como faço para le livrar disso? No atendimento apómétrico eu posso mencionar isso e pedir o desligamento? Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Terezinha,

      Se o grupo apométrico tiver condições pode pedir sim. Mas acho difícil acreditarem que o reiki está ligado a entidade das trevas.
      Abs.

      Excluir
  13. Nada melhor que a comprovação pelos fatos.
    A espiritualidade está cheia de armadilhas, por isso a dúvida e comprovação para mim são palavras de ordem.
    Depois que conheci o reiki, tornei-me espiritualizado, abandonei sistemas de crenças retrógrados e adotei uma vida mais feliz, positiva e responsável.
    Sempre quando aplico reiki em mim sinto-me muito bem, durante e depois da aplicação.
    Faço trabalho voluntário de reiki e quem recebeu nunca fez uma queixa, pelo contrário, sempre alegam sentirem-se muito bem. Se um dia o reiki começar a dar qualquer tipo de sinal negativo, com certeza irei repensar essa técnica.
    Não adianta ser reikiano, colecionar cursos e certificados e não ter uma conduta moral e espiritual correta e alerta. O reiki pode ajudar, mas não irá fazer a pessoa virar um santo de dia para a noite. Pelo pouco que sei, a espiritualidade não funciona assim. Aliás, acredito que, procurando bem, certamente acharemos alguém pela net falando mal sobre qualquer trabalho espiritual, sem exceção.
    Então, o que fazer? Pesquisar, estudar, refletir, testar, comprovar, descartar ou aproveitar. E mais importante: Orar e vigiar.
    Abraços,
    Tiago Hoerl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pela nossa experiência constatamos que o fato da pessoa se sentir bem com alguma prática espiritual não significa que essa prática seja de fato boa ou que esteja até mesmo fazendo bem para essa pessoa, mesmo ela sentindo-se bem.
      Um psicopata que mutila e mata pessoas sente-se extremamente bem quando comete estes atos e eles na realidade são nocivos, não só para as vítimas dele, mas como para ele tbm.
      Abs.

      Excluir
  14. CONCORDO PLENAMENTE , COM MEU IRMÃO DE CIMA E DESTINO Gelson Celistre....POIS TRABALHOS NAS REGIÕES UMBRALINAS ,FAZENDO RESGATE ,, DE ALMAS SOFREDORAS,,E TENHO LUTADO MUITO CONTRA ESSES MAGOS NEGROS , ABRAÇOS ...GRANDE É A SEARA E POUCOS SÃO OS TRABALHADORES

    ResponderExcluir
  15. Eu quase participei disso. Eu estava iniciando no Reiki mas no começo do jejum e senti um forte intuição para não iniciar. Um fogo queimando dentro de mim para qe eu procurasse respostas sobre algo que não pairava bem. Hj encontro sua experiência e confirmo o quão negativo pode ser isso. Gratidão!!1

    ResponderExcluir