domingo, 2 de setembro de 2012

Incêndio mata três irmãos

Jornal Zero Hora - Tragédia na Serra31/08/2012 | 03h49

"Um incêndio de grandes proporções atingiu a Vila Sapo, no bairro Serrano, em Caxias do Sul, na madrugada desta sexta-feira. Três irmãos menores de idade morreram e entre 19 e 20 casas ficaram totalmente queimadas.
O fogo teria começado no casebre em que moravam Marieli, três anos, Mateus, 11, e Maiquel, 17. Os três estavam sozinhos em casa, por volta das 23h, quando o fogo iniciou. A mãe das crianças trabalhava, e o pai mora em outro bairro."

Fonte: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/geral/noticia/2012/08/incendio-mata-tres-irmaos-e-queima-cerca-de-20-casas-em-caxias-do-sul-3870883.html


     Quando li esta notícia no jornal senti vontade de verificar se os três irmãos mortos no incêndio estavam bem, isto é, se já tinham sido resgatados, pois apesar de saber que se trata de um processo kármico de resgate, é uma situação muito aflitiva para qualquer espírito e senti uma energia de tristeza muito forte associada a esse evento.

    O que os olhos não vêem


     Em meio às cinzas dos casebres incendiados havia um ser negro e com olhos flamejantes. Este ser se alimenta das energias de dor, desespero, pânico e tristeza que acometem as vítimas de um incêndio e tbm seus familiares e pessoas próximas.
     Na dimensão astral ele vive num local que parece a cena de um incêndio. O céu é escuro, como se fosse noite, e cai uma fuligem o tempo todo, como as cinzas de uma erupção vulcânica. Por toda parte há objetos carbonizados e pelo chão pessoas queimadas se arrastam em grande sofrimento.
     Nossa primeira atitude foi fazer cair uma chuva nesse lugar, mas percebemos que as pessoas que rastejavam ali estavam com a mente tão fixada nessa situação que estavam alheias a tudo que não fosse o seu sofrimento e então resolvemos adormecê-las e apagar suas mentes, para que cessasse seu sofrimento e pudessem ser resgatadas.
     Enquanto escrevo esse relato ainda não se sabe oficialmente o que causou o incêndio mas especula-se que as vítimas estavam com velas acesas por ter ocorrido um problema com a energia elétrica em sua casa mas o que vimos foi que o tal ser negro foi quem "assoprou" a chama para que o fogo se espalhasse. 
     Este ser já vivia nesse local no astral na época da inquisição e muitas bruxas que morreram queimadas foram aprisionadas por ele. Nesse local tbm havia um amontoado de rochas que formava um tipo de caverna onde havia uma grande quantidade de espíritos aprisionados por este ser, tanto desencarnados (que eram em maior número) quanto encarnados desdobrados. Ali estavam os três irmãos mortos, de mãos dadas e muito assustados.
     Todos foram resgatados e esse ser foi preso.

     O retorno kármico

     Sabemos que todos os nossos atos geram consequências e que somos responsáveis por eles. Em algum momento teremos que prestar contas, encarar as consequências desses atos, isso é o que chamamos de karma, o saldo de coisas que fizemos no passado. Como tudo é dinâmico o que não sabemos ainda é como e quando iremos resgatar esses karmas.
     Em alguns casos vemos pessoas que fizeram horrores numa vida e na seguinte ainda não estão "pagando" por seus atos, que às vezes são resgatados várias vidas depois de cometidos. Dizemos que a pessoa está resgatando um karma quando está passando por uma situação aflitiva ou de sofrimento gerada em situações de outras vidas. 
     Outros espíritos por sua vez cometem um ato numa vida e na seguinte aparentemente o recebem de volta, quase na base do olho por olho. Este é o caso destes três irmãos que morreram no incêndio.

     Segunda Guerra Mundial

     Em sua encarnação anterior os três irmãos eram soldados nazistas e queimavam pessoas numa enorme vala num campo de concentração. A princípio deviam queimas apenas os corpos mortos jogados na vala mas logo muitos judeus ainda vivos eram jogados nas valas, e eles se divertiam queimando-as vivas com um lança-chamas, após jogarem querosene nelas.
     Não temos como avaliar um espírito por um ato apenas, pois apesar de ser extremamente cruel a atitude dos três no passado, pode ter sido um ato imaturo ou inconsequente de jovens envolvidos por toda uma situação. De fato nos parece que apesar do modo como morreram nesta vida, neste incêndio, isso ocorreu para que se "desligassem" dessa energia que envolveu as ações nazistas na Segunda Guerra. 
    Entre as vítimas e soldados, alguns eram encarnados desdobrados, mas ainda havia muitos espíritos presos nessa frequência da guerra e que puderam agora ser resgatados.
    Estamos num estágio evolutivo onde a dor é nosso maior professor pois só conseguimos entender a dor que causamos no outro quando a sentimos em nós mesmos e a reencarnação é o que nos possibilita isso. Errar faz parte do processo de aprendizagem mas somos responsáveis pelos nossos erros e teremos que lidar com as consequências.



Gelson Celistre

      

Nenhum comentário:

Postar um comentário