quinta-feira, 26 de maio de 2011

A rainha nazista

     A Segunda Guerra Mundial deixou um saldo estimado de 60 milhões de mortos e isso ocorreu há poucas décadas. Grande parte desses espíritos ainda não reencarnaram e continuam a lutar na dimensão astral, onde existem bases militares, campos de concentração, etc.
Muitos desses espíritos não sabem que estão mortos, não sabem que a guerra já "acabou", e seguem vivendo nesse pesadelo sem fim. Já nos deparamos com vários casos onde encontramos bases militares nazistas e até já encontramos espíritos que foram oficiais alemães que não sabiam que a guerra havia terminado. Lembro de um caso onde conversei com dois oficiais nazistas que não sabiam nem que estavam mortos. No astral eles eram transferidos de um campo a outro e imaginvam estar ainda em guerra.
     Por mais que façamos resgates de centenas e milhares de espíritos a cada vez que nos deparamos com bases nazistas, sempre estamos nos deparando com novos locais desses no astral.
A consulente nos procurou com os seguintes problemas: "Preciso de ajuda, sou muito impaciente, nervosa, explosiva, tenho dores de cabeça com freqüência, muita dor na coluna tenho tido nos últimos tempos, problemas no meu lado direito, dores agudas no braço direito e pescoço, tenho problema de hipotireoidismo.", além de sentir que sua vida profissional e financeira está travada.      O pai era alcoólatra e morreu há seis anos.
     Havia um ser perto da consulente que assumiu várias formas mas por fim ficou como uma criança. Este ser, que era um dos espíritos que a estava obsidiando, era o pai alcoólatra dessa vida. Era um espírito ignorante e sem vontade própria que estava sendo usado por outro ser para manter a consulente numa frequência específica, relativa a uma vida passada onde ela foi mulher desse ser.
Foi até meio engraçado pq o tal espírito, incorporado, era muito petulante e arrogante, em razão de ter sido rei naquela existência onde a consulente era sua "rainha". De fato foi visto que ele foi mesmo rei de algum reino na Europa que deixou de existir há muito tempo.
     Naquela vida, sua esposa, a rainha (a consulente) o traiu com seu próprio irmão, tendo ele a condenado à forca e banido seu irmão do reino. O irmão do rei e amante da rainha era o espírito que na vida atual foi o pai da consulente, morto há seis anos. Estava com ela desde sua morte, servindo de "ponte' para que o rei a sintonizasse com aquela frequência a fim de acessá-la mais facilmente.
     O pai morto chegou a incorporar numa das médiuns, mas estava meio grogue, alcoolizado, então dei um comando para que ele não desejasse mais beber, o aadormecemos e ele foi levado para tratamento. Quando morreu ela estava grávida e o espírito que seria seu filho naquela vida é seu companheiro atualmente.
     Já o tal rei, questionei se ele não havia tido nenhuma outra encarnação depois daquela pois já era bem antiga, ao que ele se calou, mas os médiuns captaram a última encarnação dele aqui na Terra, que foi como oficial nazista, e novamente foi casado com a consulente, que era enfermeira, e ambos eram entusiastas das idéias nazistas.
Na vida passada da consulente, por ser uma "ariana" pura, seu marido a "fornecia" para que outros alemães a possuissem sexualmente, a fim de gerar filhos que seriam criados pelo Governo Alemão através do Projeto Lebensborn. E ela teve mais de uma dessas crianças, as crianças de Hitler.

Lebensborn ("Fonte da Vida", em alemão arcaizado) foi um programa de relocação e auxílio à infância iniciado pelo líder nazista Heinrich Himmler, em apoio à herança racial do Terceiro Reich. O programa foi implementado na Alemanha e em algumas partes da Europa ocupada (Fonte: Wikipédia).
     A consulente e o marido conseguiram fugir depois do fim da guerra e morreram sem serem descobertos, assumiram uma nova identidade e morreram de velhice em algum lugar da América. Pela frequência do rei-oficial nazista encontramos um campo de concentração no astral com milhares de vítimas ainda em sofrimento, que foram todas resgatadas pela nossa equipe espiritual, para onde a consulente ia em desdobramento.
     A maioria dos problemas da consulente são devidos ao que ela traz na própria psiquê da sua encarnação anterior, pois apesar de esquecermos os fatos de nossas vidas passadas, os sentimentos que trazemos são os mesmos e ela estava conectada com duas vidas onde tinha personalidades pareceidas, uma em função da posição social que ocupava (rainha) e outra pela ideologia que acreditava (nazista).
     Apesar de poder "usufruir' de sua mulher em desdobramento, o rei-oficial nazista tinha outros planos pra ela. Sua intenção era a de que ela se suicidasse para que ele a levasse com ele para o exílio, pois ele já sabia que seria exilado, e isso lhe foi prometido por seus superiores. Quando apagamos sua mente e ele adormeceu imediatamente começou a ter pesadelos, pois quando fugiram viviam com medo de serem descobertos, além é claro da perseguição das vítimas que ele fez.
     É interessante que já pegamos mais de um caso onde o ser sabia que seria exilado, como nesse, e lhe prometeram tbm que no novo planeta onde irão habitar ele teria uma posição de comando, de liderança de alguma facção.


Gelson Celistre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário