sábado, 30 de maio de 2020

Gato de bruxa - Apometria para animais

    Efetuamos um atendimento para um gato que foi encontrado na garagem de um prédio com a pata quebrada. A mulher que o resgatou já o levou ao veterinário e está cuidando bem dele, mas ele ainda chora muito, mia demais e não consegue relaxar.

Gato Angorá

     Inicialmente vimos que o gato ainda sente muita dor na pata quebrada, mas ele chora por sentir medo de ser machucado novamente.
    Vimos que a pata dele foi quebrada intencionalmente por uma moça que iria utilizá-la para fazer um talismã, um amuleto. Ela dopou o gato para quebrar sua pata, mas a dor o despertou e ele conseguiu fugir.
      Essa moça é uma bruxa, tem vinte e poucos anos, classe média alta, faz faculdade, uma típica white girl, mas é muito ambiciosa e seu projeto de vida é casar com um homem que tenha muito dinheiro.
     Atualmente ela está tendo um caso com um homem muito rico, mas ele é casado e ela não quer ser apenas uma sugar baby, ela quer que o homem se separe da esposa e case com ela.
    Para conseguir isso está turbinando seus dotes naturais com vários feitiços e o talismã com a pata de gato era apenas um deles. Eu a desdobrei e incorporei numa médium para conversar com ela, que disse que para o ritual dar certo o animal tinha que estar vivo quando sua pata fosse arrancada.
    Ela quebrou a pata do gato com as mãos e pretendia cortar a pele depois com uma faca, mas o gato despertou e conseguiu fugir, o que a deixou com muita raiva. A tal bruxa ainda disse que depois de lhe arrancar a pata iria dar uns pontos no local e jogar o gato fora. 
    Em uma vida anterior ele já foi um gato de bruxa, mas não era preto como poderiam supor, era angorá como agora. Ele atá ajudava a bruxa capturando outros animais que ela precisava para seus trabalhos, como cobras, ratos, morcegos, etc.
     A bruxa de quem ele era dono gostava muito dele e lhe dava muito carinho, eram inseparáveis e o gato inclusive salvou a vida dela quando uma cobra que a bruxa ia utilizar num feitiço iria lhe dar um bote fatal. O gato deu uma patada na cabeça da cobra e evitou que a bruxa morresse envenenada.
     Numa vida passada o gato salvou a bruxa e na vida atual essa mesma bruxa, reencarnada, lhe resgatou e está cuidando dele. Levamos o gato para um hospital veterinário no astral em desdrobramento para tratar também sua mente pois ele ficou com muito medo das pessoas por conta da brutalidade do que fizeram com ele.
     Os laços de amor que nos unem transcendem o tempo, o espaço e até as espécies. 

Gelson Celistre
   

Um comentário:

  1. Tenho dois lindos gatinhos e senti uma dor no peito tão grande lendo isso... Eu amo meus filhos as vezes até mais do que a mim mesma. Chega a doer meu amor por eles, de tão grande e intenso.

    ResponderExcluir