segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Obsessão com Ressonância de Vida Passada

A consulente reclama de extremo cansaço, falta de ânimo, tem o sono pesado mas costuma acordar no meio da noite arrepiada, tremendo muito e sentindo muito frio. Afirma tbm sempre ter tido depressão. São sintomas comuns de quem está frequentando regiões densas na dimensão astral e/ou sofrendo obsessão.
As condições de trabalho na época da Revolução Industrial eram extremamente precárias.
Ao sintonizar com a consulente a médium logo sentiu-sentiu-se presa, encolhendo-se sobre o próprio corpo, como se estivesse se protegendo de alguma coisa. Ela sintonizou com um espírito que estava ligado à consulente e que foi vítima de um aborto, ocorrido, entretanto, em uma vida passada. Não conseguimos saber como o espírito a encontrou, se ela na vida atual fez algum aborto ou se a ligação ocorreu pela necessidade de resgate dos espíritos envolvidos. É possível que este espírito inclusive estivesse ligado a ela desde tenra idade.

O caso era o seguinte:  a consulente morava em uma aldeia e era órfã, tendo que trabalhar desde cedo como empregada doméstica em troca de casa e comida para poder sobreviver. Era uma moça muito bonita e como sempre costuma acontecer nessas situações, despertou o desejo do patrão, que acabou tomando-a como amante e a engravidou.

Temendo o que poderia lhe ocorrer caso a patroa descobrisse a gravidez, pois ela praticamente vivia apenas dentro de casa e não tinha sequer algum pretendente ou namorado, ela acabou optando pelo aborto. Foi uma decisão difícil para a moça e ela demorou a se decidir, já estava no quarto mês quando deu fim à gestação, e depois de ter feito chorou muito por várias semanas.

O espírito que ia nascer como filho dela não aceitou a situação e ficou com muito ódio dela, sendo que há algum tempo a localizou e passou a obsidiá-la. Conversei com ele e mostramos a ele os acontecimentos que fizeram com que a consulente optasse pelo aborto naquela existência mas ele era um espírito muito ignorante e estava obcecado em vingança, tanto que quando soube da história queria saber onde estava o patrão dela (que seria o pai dele) pois queria se vingar dele.

Numa última tentativa de demovê-lo de seu intento, mostrei a ele uma vida passada que teria ligação direta com o impedimento que ele teve de não nascer, a vida onde ele teria gerado esse karma negativo. Nessa outra existência ele era algum tipo de empresário, provavelmente no início da Revolução Industrial, no século XIX, em fábricas de tecelagem, e tinha uma grande quantidade de mulheres que trabalhavam para ele.

O cidadão naquela existência mandou atear fogo num paiol com dezenas de crianças dentro pq elas distraíam as mulheres e elas não rendiam o que ele desejava no trabalho. Ele fez isso diante das próprias mulheres, que gritavam desesperadas sem poder nada fazer para impedir. Foi um resgate difícil para a médium pois ao sintonizar com a cena, ela podia ouvir os gritos de desespero das crianças e de suas mães, e tbm podia sentir o cheiro da carne queimada.

Este fato foi muito traumático e muitas das crianças e suas mães ainda não haviam conseguido se desligar do evento. Estavam na dimensão astral revivendo eternamente aquele momento de angústia e desespero. Mesmo vários espíritos que pereceram ou participaram desse evento e que agora estão encarnados ainda voltavam para lá em desdobramento inconsciente, atraídos pelos sentimentos dos que ainda estavam lá e tbm de seus próprios sentimentos que ainda não conseguiram superar, nesmo tendo nascido novamente.

A consulente era uma das mulheres que perdeu os (dois) filhos naquele genocídio e estava lá em desdobramento inconsciente, provavelmente desde que o espírito que ela havia abortado a encontrou. Efetuamos o resgate dos espíritos que estavam ali, tanto encarnados como desencarnados e destruímos aquele local na dimensão astral.

Mesmo tendo visto essa vida passada onde foi uma pessoa muito má e que mandou matar dezenas de pessoas, o tal espírito ainda queria bancar o inconformado e não queria sair de perto da consulente. Resultado: saiu na marra. Foi preso e levado por nossa equipe espiritual.

Quando é um caso de obsessão "passional" como esse a princípio, gostamos de conversar com o obsessor para esclarecê-lo acerca da reencarnação e da Lei do Karma, mas se mesmo tendo conhecimento do que fez o espírito ainda insiste em vingança e quer bancar o justiceiro, então não nos resta outra alternativa senão retirá-lo a contra-gosto.

Algumas pessoas podem argumentar que isso é uma intervenção no livre-arbítrio do espírito e é mesmo. Só que quem desrespeita as Leis Divinas e a vontade do próximo, está se colocando na situação de ter sua própria vontade desrespeitada tbm. Nosso livre-arbítrio é condicionado ao nosso grau evolutivo e geralmente é bem menor do que imaginamos.

Situações como essa, onde eventos trágicos imprimiram nas almas de quem os vivenciou grandes cicatrizes, são comuns. Essa ligação emocional ativa com eventos ocorridos no passado mas que ainda continuam a vibrar no astral, ou seja, na dimensão astral ainda são reais, causam o que chamamos de ressonância vibratória de vida passada e nesses casos a pessoa encarnada atualmente traz para o presente as emoções e sentimentos do passado como se os estivesse vivendo agora no presente. Isso costuma gerar quadros depressivos muito graves, síndrome do pânico e outras enferminades psicológicas, que podem inclusive causar doenças no organismo físico.

Certamente a consulente tem fortes ligações com esse espírito que a obsidiava, não apenas dessas duas vidas que vimos, e provavelmente em outras encarnações irão se encontrar novamente a fim de se harmonizarem perante a Lei. Entretanto, no momento a melhor solução foi afastá-los um do outro.



Gelson Celistre.

4 comentários:

  1. Ola gelson! eu ja me pergutei sobre rrencarnação não será ciruculo vicioso? sempre teremos problemas por causa do passado, quem vem reecarnando a 2000 mil anos, deve ter muita coisa. eu tenho alguns problemas até saúde faço exames não detecta nada, no entando quando separo dia para me desdobrar conciente, aindo sou novo nisso + eu n encontro espiritos nem sou perceguido, bem não sei se por causa na maioria dos meu desdobramento e na primeira dimensão a fisica. mas o caso que no fundo sinto todas areas da minha vida parece que um tropeço algo que impede deu progredir na vida. pare como se estivesse amarrado não consigo relacionamento amoroso sempre ha brigas, emprego estou estacionado, ate meu raciocio sinto como fosse limitado de forma artificial. não se isso tem com reecarnção karma, pra isso ainda muito novo. complicado pra entender.

    ResponderExcluir
  2. Olá amigo,

    Te mandei um e-mail sobre teu caso.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Existem dias que no meio da noite fico com tanto frio que nem consigo me levantar
    faço um esforço danado para poder abrir os olhos e quando levanto tenho também arrepios
    quando sentimos isso sem motivos aparentes de algum problema de saúde ,e provavel que estejamos nas dimensão do umbral?
    as vezes fico muito depressiva tb,será que estou com obsessor.eu tenho pavor dessas coisas
    um medo terrivel apesar de ter visto tantos desencarnados
    Tem lugares e pessoas que me deixam assim tb tremendo e um frio incontrolavel
    e só melhoro quando saio de perto da pessoa ou do local
    Eu não sei como estudar,pois não conheço ninguem proximo a mim espirita
    já fui ha uns 3 centros espiritas mais sempre não da em nada
    ai desisti
    as vezes leio sozinha ou estudo alguma coisa
    mais por medo que quanto mais aprendia mais pessoas eu via
    então desisti...e não vejo mais nada em sonho
    as vezes em desdobramento tem um homem de roupa escura que me persegue sinto tanto medo dele,e desesperador eu saio gritando pela casa,certa vez ele se transformou em meu cão dai falou até que em fim consigo falar com você,outros como se fossem bruxos.com capuz querem me pegar para fazer parte deles e eu luto muito em linguas estranhas.outra hora ouço vozes me oferecendo riqueza e como eu recuso,ele se enfurecem.Um vampiro estava me segurando e aquilo era desesperador.era como se as minhas forças se esvaiam e bem longe eu pedia ajuda a Deus para ele não me abandonar de repente eu via uma mão me puxar e me jogar em uma praia de um sol lindo mais eu estava toda molhada com os pés na água que fora eu iria sofrer como aquelas pessoas que estavam sofrendo na areia a terra estava morrendo e Deus tinha me colocado ali para que eu não sofresse,mesmo assim eu chorava muito de tristeza por toda aquela gente em egonia.e acordei com o coração doendo de angustia
    Sempre tem um Demônio me perseguindo,mais sempre tem aguém que vive na minha mente desde criança e eu não sei quem é as vezes acho que ele pode ser esse Demônio.mais como pode se esse me ajuda?
    Estou desanimada de tudo principalmente religião já não tenho mais os mesmos conceitos da religião catolica e no lugar da crença só tenho Dívida...Acho que estou na agonia das religiões que mostra tantas coisas mais nehuma como devria ser.
    As vezes sinto falta,Mas
    pq tenho tanto medo?
    como posso ir adiante se não tem ninguem para me ajudar
    Em um dos meus comentarios você falou para estudar para que eu possa resgatar
    meus karmas
    nesse caso as pessoas veem sempre com ajuda amiga
    e eu não tenho.estudar só sem tirar as Dúvidas é muito ruim

    Que Deus te ilumine sempre
    Obrigada por sua atenção.

    ResponderExcluir
  4. Oi Elizzie,

    Vc tem que estudar para saber o que se passa com vc, que basicamente é resultado da mediunidade que vc tem. Com o estudo vc vai estar mais preparada intelectualmente quando se deparar com alguma coisa no astral ou quando ocorrer algum fenômeno mediúnico, mas só trabalhando com essa mediunidade para o bem vc vai começar a resgatar seu karma.
    Essas coisas que vc relatou eu comento em dezenas de relatos aqui no blog, se vc ler mais vai entender. Temos tbm um grupo de discussão no Yahoo e dirimimos muitas dúvidas dos participantes do grupo.
    O que acontece geralmente é que a pessoa lê um post, não entende nada, não lê nem a apostila que eu disponibilizo aqui no blog, não lê mais nenhum outro relato (de centenas que falam do mesmo assunto), não faz parte do meu grupo de discussão e quer eu eu explique tudo que acontece com ela. Meu tempo é limitado e tenho outras atividades que demandam minha atenção, mas dentro do possível procuro responder a quem tem dúvidas.
    Eu sugiro que vc leia os seguintes livtros:
    Livro dos Espíritos, Livro dos Médiuns e Evangelho Segundo o Espiritismo, do Allan KArdec, e Mediunismo e Mediunidade de Cura, de Ramatis.
    Leia tbm minha apostila e todos os relatos do blog, desdes o primeiro até o último.
    Abraço.

    ResponderExcluir