quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

A louva-deus

    "Eu estou sofrendo com ataques espirituais intensos, estou passando por um processo de vampirização durante o sono onde sou levada a lugares horríveis e sujos e tenho a minha energia sugada. E eu sei que o meu caso é complexo porque eu venho sofrendo uma obsessão que já dura anos e está me prejudicando de tal forma, que não deixa minha vida fluir normalmente... Inclusive esta noite passada eu sofri um desses ataques e acordei hoje pela manhã me sentindo muito mal! Por eu ter uma certa mediunidade, eu sinto a presença constante desses espíritos negativos me rondando. Eu vejo vultos pela casa, inclusive tenho percebido que a energia da casa onde eu moro está muito densa... Eu me sinto vigiada o tempo todo, sinto presenças perto de mim. Eu não sei quem são esses espíritos mas percebo que eles estão me prejudicando bastante. Me sinto enlaçada na egrégora deles, é como se eu tivesse amarrada e querendo me libertar de algo que não sei o que é... Moramos só eu e minha mãe. Ela teve um AVC há 4 anos e eu cuido dela."

A fêmea do louva-deus come a cabeça do macho após o acasalamento.
Ao verificarmos a situação da consulente conforme o relato dela acima, no deparamos com a seguinte situação. A casa onde ela reside estava tomada por espíritos ligados a um terreiro de macumba, e era uma grande quantidade. A energia estava realmente muito densa. Vimos que esses espíritos foram enviados por um homem e sua mãe, que segundo a consulente nos informou depois seria um ex-namorado dela que é feiticeiro. Vimos que em vida passada ela se apaixonou por ela mas foi preterido por outro e então ele se suicidou. A mãe dela naquela vida é a mesma da vida atual e ela naquela vida passada havia ficado com muito ódio da jovem, que ela culpava pela morte do filho,
Segundo a consulente nos informou depois o relacionamento com esse ex-namorado foi muito turbulento, ele violento e possessivo e a agredia, sendo que ela só conseguiu se livrar dele depois de alguns anos, com registro na polícia, sendo que ele acabou preso por alguns meses, mas não aceitou o término e ainda a persegue, tendo inclusive dito na ocasião que "... se vingaria de mim em cima da única pessoa que eu tenho no mundo: a minha mãe. e não demorou muito ela teve esse AVC."
Vimos no atendimento que de fato através de magia negra esse ex-namorado conseguiu provocar esse AVC na mãe da consulente, porque ela tem karma para isso, devido a ter sido bruxa em várias vidas passadas, assim como a consulente. Nós desfizemos todos os feitiços que ele e a mãe fizeram e ainda prendemos os espíritos que trabalhavam com eles no astral, mas o que já passou para o físico devido ao karma dos envolvidos dificilmente vai mudar.
Dentre os muitos espíritos que estavam na casa um deles em vida passada foi marido da consulente. Era um rico fazendeiro com o qual ela se casou, o já conhecido golpe do baú. Depois de casada ela o matou para ficar com seus bens. Mas ela era muito gananciosa e aplicou esse golpe em mais alguns homens, casando e aumentando seus bens, depois matando o parceiro. Além disso ela tinha muita luxúria e quando se encantava com algum homem o tomava como amante, mas tal qual a fêmea do louva-deus que devora a cabeça do macho depois da cópula, quando enjoava do amante ela mandava seus capangas decapitá-lo.
A consulente está resgatando um karma muito difícil, gerado principalmente na vida onde ela era a "louva-deus" e em vidas onde praticou magia negra. Nestes casos é comum a pessoa se achar injustiçada porque nessa vida ela se acha uma pessoa boa e não faz mal a ninguém, mas o karma é um processo que se desenrola no tempo, de uma vida para outra, e mesmo que hoje eu seja um cara legal, isso não vai desfazer todo o mal que eu gerei em vidas passadas. Como diz o espírito Ramatis, a semeadura é livre mas a colheita é obrigatória. Tudo que sai de nós volta para nós, seja bom ou ruim, essa é a lei do karma.

Gelson Celistre

Nenhum comentário:

Postar um comentário