quinta-feira, 3 de julho de 2014

Osho e a migração interplanetária

Quem foi Osho




Osho
(Bhagwan Shree Rajneesh) 
1931–1990

     Num artigo intitulado O que a Wikipédia não conta, no endereço http://www.baguete.com.br/colunistas/colunas/31/janer-cristaldo/05/12/2005/o-que-a-wikipedia-nao-conta tem um trecho sobre Osho que o resume muito bem:


"Procurei, por exemplo, por Osho, vigarista hindu, antes chamado Rajneesh Chandra Mohan Jain, e mais conhecido nos anos 70 como Bhagwan Shree Rajneesh. ...

... O que Wikipedia não diz, é que Osho – ou Rajneesh – se dizia Deus, fez fortuna enganando jovens e provocou um escândalo internacional com suas cerimônias tântricas, em verdade alegres orgias sexuais. Possuía terrenos, hotéis, uma rede de casa de massagens na Europa – isto é, prostituição – e  uma frota de 91 Rolls-Royces. Acusado de perversão, realização de lavagem cerebral e sonegação de impostos, foi deportado dos Estados Unidos para a Índia, onde morreu de Aids. 
Nos EUA, respondeu por 35 acusações e foi condenado a dez anos de prisão com sursis. Foi expulso também da Grécia, foi rechaçado da Alemanha e da Espanha, só conseguiu entrar na Irlanda porque seu piloto alegou ter um doente a bordo. Sua secretária Sheela Birustiel-Silvermann (Ma Anad Sheela) foi extraditada da Alemanha, onde estava no cárcere em Bühl, e foi condenada pelo tribunal federal de Portland (Oregon), em 86, a quatro anos e meio de prisão, por fraude e envenenamento alimentar. A investigação revelou que centenas de jovens mulheres foram constrangidas a aceitar uma operação de esterilização. Rajneesh não tem biografia, mas folha corrida. Isto, a Wikipedia não diz."

     No site http://alsibar.blogspot.com.br/2012/05/quem-foi-osho-bhagwan-shree-rajneesh.html  tem uma série de textos de um artigo de um homem chamado Christopher Calder, ex-discípulo de Osho que testemunhou os fatos que revela, como esses pouco compatíveis com um "ser iluminado":


"Rajneesh estava constantemente doente e frágil desde o tempo em que o encontrei pela primeira vez em 1970 até sua morte em 19 de Janeiro de 1990. ... ele sofria de uma doença crônica no sistema imunológico e neurológico, a Síndrome da Fadiga Crônica, ... Rajneesh não podia ficar de pé sobre seus próprios pés por longos períodos de tempo, sem ficar tonto ... Nos anos 70, Rajneesh , muitas vezes, reclamava de tonturas logo que ficava em pé. Durante os últimos poucos meses de sua vida em Poona, Rajneesh frequentemente passava em completa inconsciência. ... Um número de discípulos afirmaram que Rajneesh estava tão intoxicado no Rancho de Oregon nos anos 80 que ele às vezes urinava nos corredores de sua própria casa, exatamente como os viciados em heroína  e bêbados comuns frequentemente fazem... "

"U. G. Krishnamurti, um famoso rebelde anti-guru, foi mais crítico ainda com Rajneesh ... Durante meados dos anos 70, Rajneesh deixou de enfatizar seus próprios métodos de meditação e começou a vender terapias de grupo ao estilo ocidental como forma de ganhar dinheiro. Era difícil fazer dinheiro com as técnicas autênticas de meditação pois todas elas eram fáceis de aprender e poderiam ser feitas sozinho, sem a ajuda de um professor. Um dos grupos que Rajneesh vendeu aos estudantes foi o “Tantra” , que  consistia basicamente em discípulos femininos e masculinos fazendo sexo uns com os outros. U. G. Krishnamurti chamou Rajneesh publicamente de “o maior cafetão do mundo” porque “ Ele ganhava dinheiro usando garotos e garotas e ficava com ele para si mesmo”. "

     No site http://observadorcriticodasreligioes.wordpress.com/2014/01/01/rajneesh-osho-e-sua-trajetoria-circular/ também temos um artigo bastante completo sobre Osho. Eis um pequeno trecho do artigo:


"Rajneeshpuram*


Esta nova sede altamente lucrativa, contudo, logo se envolveu em problemas legais e financeiros com o governo da Índia. Então, em 1981, Bhagavan e seus devotos foram forçados a fugir do país “rastreados por alguns milhões de dólares em dívidas, bem como por uma grande quantidade de cobradores de impostos e pela polícia” .... Anunciando-se como o “messias que a América estava aguardando”, Rajneesh refugiou-se nos EUA. Após uma breve permanência em uma mansão em New Jersey, ele e seu séquito compraram uma fazenda de 64 mil acres na pequena aldeia de Antelope, condado de Wasco, no estado de Oregon, a qual ele batizou com o nome de Rajneeshpuram (cidade de Rajneesh). Rapidamente, a cidade comunitária se transformou em um complexo financeiro notavelmente lucrativo, de modo que Rajneeshpuram acumulou US$ 120 milhões em renda durante os seus quatro anos de existência ... Rajneeshpuram transformou-se em uma máquina de fazer dinheiro, lá “os preços se estendiam desde US$ 50 por um dia de introdução à meditação de Rajneesh, até US$ 7.500 por um completo programa de reequilíbrio de três meses” ... Enquanto isto, o séquito se espalhava pelos EUA, pela Europa, pela Índia, alcançando 25 mil membros iniciados em seu pico, daí transformando-se em um diversificado e internacionalizado complexo de negócios .... De Rajneeshpuram para o mundo, o ‘Rajneeshismo’ se transformou em um modismo internacional entre os espiritualistas na primeira metade dos anos 1980."
* Uma pequena cidade que Osho fundou no estado do Oregon, EUA.
     Nesse outro site (em inglês) tem outras revelações sobre quem foi realmente Osho:  http://www.oregonlive.com/rajneesh/index.ssf/2011/04/part_one_it_was_worse_than_we.html . Quem tiver tempo e interesse pode traduzir com o Google.

     Enfim, para quem quer saber quem foi Osho é só pesquisar um pouco que vai encontrar a verdade. Mas fora o que pode ser encontrado da história dele aqui no plano físico, vamos relatar algo sobre ele na dimensão astral.

Curtindo Osho

     Sempre vejo algumas mensagens compartilhadas no Facebook atribuídas ao Osho e até publiquei na minha linha do tempo um breve esclarecimento sobre quem esse sujeito foi realmente. As pessoas não sabem mas ao curtir ou compartilhar alguma coisa associada a uma determinada pessoa, seja ela viva ou morta, pode-se criar uma conexão energética entre quem curtiu/compartilhou a pessoa curtida/compartilhada.
     É claro que isso não ocorre com todas as mensagens que vc curte ou compartilha, mas no caso de seres como Osho a probabilidade disso ocorrer é bastante elevada. Isso ocorre pq ao ler uma mensagem, principalmente ser for algo bonitinho ao estilo frases de efeito, se vc concorda com o conteúdo, que pode expressar algo verdadeiro mesmo, vc absorve a energia daquelas frases. As frases estando associadas a um nome ou imagem, no caso Osho, vão fazer com que vc absorva uma porção de energia que está contida nas frases e energeticamente ligada ao Osho. Ao fazer isso vc cria uma ligação mentoemocional com o Osho que o conecta com uma egrégora formada pelas idéias dele propagadas através de seus discípulos.
     Encontramos no astral uma grande estátua do Osho com milhões de fios ou cordões energéticos ligados a pessoas aqui na dimensão física que "curtem" as idéias dele. Através dessa ligação energética essas pessoas encarnadas estavam fornecendo energia para um megaprojeto de captação energética do qual Osho fazia parte.

Osho antes de nascer

     Antes de nascer aqui na dimensão física Osho era apenas mais um espírito das trevas que estava muito endividado no submundo astralino. Para pagar um pouco o débito com seus credores, ele fez um acordo com alguns seres de outro planeta que viviam em nossa dimensão astral. A proposta do Osho para eles foi que ele nasceria e criaria uma seita para angariar energia para esses seres, mais especificamente a energia que produzimos em nosso chacra básico, conhecida no Oriente como Kundalini ou energia sexual. Em troca eles lhe dariam proteção contra seus muitos credores no astral.
     Osho cumpriu a parte dele, criou uma seita com milhares de seguidores que mesmo depois de sua morte continuam perpetuando as idéias distorcidas dele sobre o tantrismo e outros fragmentos de filosofias diversas. 

Osho depois de morto

     Encontramos Osho no astral sem forma humana, com a aparência de um polvo com vários tentáculos que ao tocar em outros espíritos lhes aplicava uma descarga elétrica. Esse era o passatempo desse espírito degenerado no astral, torturar outros espíritos e lhes vampirizar as energias. Mentalmente inclusive ele não aparentava nenhuma racionalidade, como se estivesse idiotizado. Resumindo, Osho era um espírito das trevas antes de nascer, continuou sendo enquanto encarnado e voltou a ser depois que desencarnou. Depois de ser localizado no astral por nossa equipe e de termos libertado os espíritos que ele mantinha prisioneiros, foi encaminhado para o exílio em outro planeta.

Migração interplanetária

     Esse grupo de extraterrestres para o qual Osho trabalhava e que estava vivendo na dimensão astral de nosso planeta ficou sabendo da existência da Terra através de um espírito que foi exilado daqui para um outro planeta qualquer. Nesse planeta esse exilado conheceu um "batedor", um espírito que viajava a vários planetas habitados a procura de um planeta primitivo como o nosso, mas que tivesse uma civilização com algum grau de tecnologia. Esse batedor informou então os líderes desse grupo de ET`s em seu planeta de origem e eles empreenderam uma pequena migração com algumas centenas de indivíduos aqui para a Terra.



     Esses ET`s mantinham centenas de pessoas encarnadas desdobradas em incubadoras, onde por um processo altamente tecnológico, faziam experimentos e conseguiam mesclar a energia deles (de seu planeta de origem) com a do corpo astral dessas pessoas. Essa modificação no corpo astral dos espíritos terráqueos permitiu aos ET`s viverem literalmente dentro do corpo dos seres humanos sem que estes pudessem sequer imaginar que isso seria possível. Vivendo dentro dos seres humanos e dirigindo seus atos de maneira incógnita esses alienígenas parasitas viveriam aqui sem serem descobertos.
     Esses ET`s eram altos comparados conosco, cerca de 2,5 metros de altura, e com um corpo esguio e delgado. O planeta desses ET`s estava na fase final de sua existência e todos ali iriam sucumbir. Pelo processo natural de evolução os seres que habitavam nesse planeta iriam renascer num planeta com uma energia um pouco mais sutil, como subir um degrau na escada evolutiva, mas iriam começar do zero pois era um planeta relativamente novo e esses seres é que iriam formar os primeiros espécimes racionais para civilizar o planeta.
     Mas um grupo de seres, os mais informados cientificamente, ou seja, uma elite intelectual e econômica insatisfeita com a situação, sabiam que o ocaso de seu planeta estava próximo e então planejaram uma migração antes de seu planeta morrer. Começaram então a procurar um planeta onde poderiam viver incógnitos e acabaram encontrando a Terra.
     Ao todo vieram mais de duzentos indivíduos em 14 naves espaciais. Eles precisavam da energia sexual dos habitantes da Terra para mesclar com a deles e assim poderem acoplar-se mentalmente nos nossos corpos astrais, vivendo dentro de nós sem que nós sequer suspeitássemos. A densidade dos corpos deles entretanto é bem mais etérea que a nossa, equiparando-se a densidade de nossos corpos astrais.
     Cada uma dessas naves recebia espíritos de um tipo específico, embora todos fossem levados para lá para retirarem sua energia sexual. Aliás muitos iam por vontade própria, pois era criado em suas mentes imagens de situações onde se relacionavam sexualmente de modo agradável. Os alvos principais eram pessoas com energia sexual reprimida/acumulada ou excessiva. Em uma das naves havia somente padres e freiras da religião católica, em outra pessoas com Sindrome de Down, outra com praticantes de cultos afro, outra com pedófilos, outras com homossexuais não assumidos, etc.
     Três desses Et`s já haviam conseguido "nascer" aqui na Terra e já eram adultos. Eles conseguiram mesclar a energia deles com espíritos desencarnados e quando estes nasceram eles "vieram"junto, ou seja, acoplaram sua mente com a do espírito nascituro. Eram duas mentes num só corpo, sendo que a do espírito humano ficava entorpecida e quem comandava era o ET. A grande jogada deles é que ao contrário de nós que reencarnamos aqui segundo as leis do planeta, eles não sofreram a perda de memória que nós sofremos ao reencarnar. 
     Dois deles vivem nos Estados Unidos e um no Canadá e todos são líderes influentes em suas áreas de atuação, sendo que um deles é político, outro religioso e outro da área tecnológica. Não querem chamar muita atenção sobre si mas são bastante respeitados nas comunidades em que vivem.
      Apesar dos protestos de um deles que atuou como porta-voz e tentou nos dissuadir de  interferir em seus planos, eles foram retirados dos corpos humanos que, devido ao desgaste provocado pela mistura da energia desses seres e da atuação da mente dos ETs, logo irão morrer. Talvez tenham alguma doença ou acidente que provoque sua morte sem levantar suspeitas de que houve uma alteração repentina em seu intelecto.
     Mais de duas centenas desses seres já estavam em processo de gestação, acoplados a espíritos nascituros aqui na Terra. Todos foram retirados e serão enviados ao planeta para o qual migraram os indivíduos do planeta natal deles. Eles entrarão no ciclo evolutivo desse novo planeta mas não no mesmo nível dos demais que foram para lá naturalmente. Podem nascer num grupo animal pré-humano ou com sérias deficiências se nascerem no grupo humano que já está lá agora. 
     Ninguém burla as leis divinas. Estes seres tentaram burlar as leis evolutivas do universo, utilizando seu conhecimento científico e tecnológico, mas o tempo que "ganharam" enquanto estavam aqui na Terra vão perder em dobro de forma sofrida no planeta para o qual deveriam ter ido naturalmente.

Gelson Celistre


Nenhum comentário:

Postar um comentário