sábado, 22 de janeiro de 2011

O mago negro atlante

A civilização atlante possuía um grau tecnológico que estamos longe de atingir e ao que tudo indica eles tinham uma integração muito boa entre a ciência e a religião (entenda-se magia). Mas como todas as grandes civilizações, em determinado momento de seu apogeu, inicia-se o declínio. Muitos atlantes acreditavam ser impossível sua civilização desaparecer mas muitos sabiam que a Atlântida iria submergir e que sua vida estava "condenada".


Cerca de uma semana antes de nossa reunião tive um sonho interessante com um ser bastante estranho. Este ser vivia imerso em um tanque transparente, com vários tubos ligados a seu corpo humanóide. Quando me aproximei do tanque ele se aproximou do 'vidro' e me olhou em silêncio, ele parecia ter cabelos compridos, um pouco abaixo do ombro e estava nu. Em seguida ele moveu-se para trás, desaparecendo de minha vista. No peito, na região do plexo solar, ele tinha um buraco escuro com uma espécie de vários pequenos tentáculos ao redor. Nesse sonho havia muita água ao meu redor, era como se eu estivesse ilhado. De repente apareceu uma enorme base militar, um edifício alto, e tbm uma nave de guerra, semelhante a um avião do tipo "caça".

Para quem está acostumado já deu para perceber que se tratava de alguma base trevosa e que o ser no tanque era alguém "importante" naquele lugar. No dia da reunião, após efetuarmos alguns atendimentos, relatei aos médiuns o sonho para verificarmos do que se tratava efetivamente. Antes disso havíamos feito uma verificação na região serrana no Rio de Janeiro, a fim de oferecer ajuda para algum resgate, e fomos informados pela equipe espiritual que lá estava trabalhando que eles não estavam precisando de ajuda. Segundo nos disseram a maioria dos espíritos que morreu nesse processo precisavam ser "retirados"de seus corpos físicos e a grande maioria assim que cortou os laços com o mundo material já foi resgatada para outros locais. Um ou outro, dependendo da necessidade de cada um, permaneceu ligado ao corpo físico e àquele ambiente, por questões cámircas, mas estavam sendo monitorados por equipes de espíritos de luz.

Logo que relatei o sonho uma das médiuns já sintonizou com o ser do tanque e ele disse com ar revoltado que eu deveria estar lá tbm (entre os mortos no RJ).  Investigando quem era o cidadão nossa equipe revelou à médium que o tal ser era um mago negro atlante que, prevendo seu fim, estava tentando desenvolver uma maneira de viver embaixo d`água. Ele sabia que iria submergir com a Atlândida e como tbm sabia que não conseguiria fugir (por questões cármicas), estava trabalhando em uma tecnologia para sobreviver embaixo d`água.
Não sei se ele conseguiu algo mas dentro do tanque ele já estava com uma forma híbrida, seu corpo era humanóide mas possuía guelras no pescoço e membranas entre os dedos das mãos e dos pés, algo como pés de pato. É claro que o sonho que tive na verdade foi uma visita à base trevosa desse ser e nossa equipe espiritual já havia desativado aquela e outras bases dele, bem como regatado milhares de seres por ele escravizados. Nos informaram que ele tinha uma ligação muito forte com locais na crosta onde existem grandes aquários e oceanários para visitação pública.

Pedi à médium que investigasse como eu tinha acessado qual a minha ligacão com esse mago atlante pois não havia lido nada nem visto nenhum filme que fosse relacionado a essa frequência. Ela disse que ele já me conhecia de outros tempos pois na dimensão astral ele era muito conhecido e era uma espécie de "autoridade"que era consultada por outras mentes trevosas, entre elas, eu. Mesmo assim ainda não tínhamos encontrado a conexão para abertura dessa frequência, até que a médium me perguntou se algum colega de trabalho meu havia conversado comigo sobre algo relacionado ao mar ou similares.

Só então lembrei que um colega de trabalho, que pratica mergulho como hobby, sempre viaja para mergulhar e depois disponibiliza as fotos para nós. Não fiz a ligação pq fiquei sabendo que ele tinha viajado para mergulhar vários dias depois de eu ter o sonho, pois ele compartilhou conosco as fotos que ele tirou no mar do Caribe recentemente, por um álbum na internet. Bem, foi ele a ligação vibratória que permitiu que eu acessasse a frequência desse mago atlante, não sei se pela localização geográfica de onde ele esteve (Bonaire, Antilhas Holandesas) ou se ele tem alguma ligação de vida passada com o tal mago tbm. Não sei se foi coincidência mas esse sonho foi na noite anterior aos deslizamentos na região serrana do Rio de Janeiro, é possível que o tal mago tivesse alguma ligação kármica com aquela situação.

Achei interessante a mutação dele, com guelras e membranas, mas não deu tempo de averiguar se ele havia conseguido desenvolver esses "membros"antes de morrer fisicamente na Atlântida ou se ele só conseguiu terminar suas experiências no astral.


Gelson Celistre

Nenhum comentário:

Postar um comentário