sexta-feira, 21 de abril de 2017

Os filhos de Órion

     Muitas pessoas têm a ilusão de que, se ocorrer alguma catástrofe planetária, seja natural ou provocada pelo homem, vão aparecer seres de outros planetas em naves e os levarão para um local seguro. Outros mais iludidos ainda acreditam que são naturais de outro planeta e que vieram para aqui na Terra por algum motivo que nem eles mesmos sabem explicar, mas é comum se sentirem injustiçados com o que lhes acontece, se sentem deslocados como "se não fossem desse planeta", etc.


     Quando uma pessoa dessas tem mediunidade se torna uma presa fácil para seres das trevas pois eles se apresentam para o médium com a aparência que sabem que vai agradar a ele, pois conhecem seus desejos e aspirações. Muitos médiuns acreditam em tudo que sua vidência lhes mostra por ignorarem que a vidência mediúnica é um efeito de karma negativo e não uma faculdade que eles conquistaram por evolução espiritual. O médium vidente vê o que quem está no astral quer que ele veja e para os seres que vivem na dimensão astral não é muito difícil plasmar uma aparência qualquer apenas para impressionar o médium.
     Sites, blogs e canais no Youtube sobre a temática ufológica existem aos milhares e para ser bem sincero não tenho interesse nem tempo de acompanhar esse tipo de coisa, mas recentemente nos deparamos com um desses iludidos que acredita ser um reptiliano ou coisa parecida, e que se autointitula um "desperto", conclamando outras pessoas a seguirem seus delírios se dizendo "filho de Órion".
     Na verdade só tive estômago para ver alguns minutos de um vídeo onde a criatura se põe a falar de apometria e já dá para perceber que é um falastrão falando um monte de besteira e sem nenhum conhecimento do assunto. Mas enfim, a pedido, fomos verificar o que esse filho de Órion faz no astral.
     Logo que nos conectamos com essa pessoa fomos parar numa cidadela no baixo astral com alguns milhares de pessoas desdobradas, seguidoras desse sujeito que também acreditam serem "despertas", que andavam despreocupadamente pela tal cidadela acreditando estar no planeta Órion. Pelo que eu sei Órion é o nome de uma constelação e não de um planeta mas enfim, essas pessoas que acreditam serem despertas andavam por essa cidadela e enxergavam tudo lindo e maravilhoso, prédios claros e futuristas como nos filmes de ficção científica.
     Entretanto, observando essas pessoas mais de perto verificamos que todas utilizavam uma espécie de capacete com um visor semelhante a uns óculos, onde eram projetadas as imagens que eles enxergavam. O local na realidade era um lixo umbralino da pior qualidade com prédios sujos e fétidos mas os "despertos" só enxergavam o que era projetado no visor e acreditavam estar já no seu planeta natal (Órion??!).
     Andamos pela cidadela e bem no centro havia um prédio com um aspecto um pouco melhor e nos dirigimos até ele. Nesse prédio ao entrar a médium se deparou com seres extraterrestres, uns tipos alienígenas muito semelhantes ao da imagem que coloquei aqui no post: esguios, altos, cabeça e olhos grandes e com três dedos longos. Eram 18 no total e supomos se tratar dos "pais de Órion", já que o resto todo eram os filhos.
     O primogênito estava lá junto com os papais cósmicos mas esse nem precisava de capacete pois estava tão fascinado com os ETs que enxergava o que eles queriam sem nem precisar do capacete com o visor. Na verdade esse primeiro filho de Órion fez um acordo com os tais ETs que lhe prometeram muito poder se ele lhes trouxesse mais pessoas e por esse motivo ele se pôs a falar sandices no Youtube para atrair outros iludidos que como ele se acham despertos.
     Com um simples comando mental desmanchamos a imagem plasmada de ETs e eles se mostraram com sua aparência real, espíritos enrugados, magros e esqueléticos, quase cadavéricos. Havia uma sala nesse prédio central com um grande aparato tecnológico, com várias telas de computador e vários equipamentos que eram utilizados para gerar as imagens que eram enviadas aos capacetes/visores dos despertos que vagavam pela cidadela.
     Nesses casos nem adianta falar para a pessoa aqui no físico pois ela não vai acreditar mesmo, mas no astral a coisa é diferente. Prendemos os 18 pais de Órion e destruímos a tal cidadela. Os milhares de despertos que estavam ali foram enviados de volta a seus corpos. Encontramos presos em uma cela no prédio central também um casal que fez um curso recente conosco e que foi aprisionado ali por tentarem sair da tal cidadela. Esse casal realmente teve um despertar no astral e quis sair da cidadela, mas foram impedidos e presos pelos falsos ETs.
     Essas pessoas geralmente tem muito pouco conhecimento da dimensão astral mas um ponto em comum é se sentirem injustiçadas com suas vidas e quando lhes dizem que é efeito de karma se revoltam e se recusam a crer que sofrem hoje por terem agido mal em vidas passadas. Para pessoas assim é mais cômodo acreditar que eles são seres de outros planetas e que vieram parar aqui "por engano".
     Quem está aqui é porque tem que estar. E nenhum ser de outro planeta vai vir aqui recolher pessoas para salvá-las de alguma catástrofe ou de suas vidas chatas. Tirando os casos mais comuns em que humanos são usados como cobaias em experimentos por seres de outros planetas, se alguma nave recolher humanos aqui ou é para servirem de alimento ou para serem escravos. A única maneira de sair daqui para um planeta melhor ou dimensão superior é se melhorando como ser humano, evoluindo espiritualmente, e não pegando carona com alienígenas.

Gelson Celistre
   
   
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário