terça-feira, 9 de abril de 2013

Nazistas no centro da Terra

     Se fosse mais uma das aventuras do Indiana Jones dirigida pelo Spielberg, Nazistas no centro da Terra seria um sucesso, mas produzido com um orçamento baixo e uma direção que deixa muito a desejar o filme ficou meio trash. A trama é a seguinte, no final da Segunda Guerra Josef Mengele e um grupo de nazistas fogem da Alemanha levando um recipiente que parece uma panela de pressáo contendo a cabeça do Hitler.
     Décadas após esse evento, um grupo de cientistas trabalhando na Antártica acaba encontrando uma entrada para o interior da Terra e lá se deparam com os tais nazistas, ainda vivos através de experimentos genéticos, e com planos de declarar guerra ao mundo pois possuem um disco voador e armas muito avançadas, sem mencionar que um dos cientistas sugou com um aspirador o feto de sua namorada que esperava um filho dele para usar as células-tronco e ressuscitar a cabeça do Hitler, que foi implantada num robô.




     Realmente se trata de um filme de terror, náo pelas cenas onde espirra sangue pra todo lado, mas pq o enredo é muito semelhante ao que de fato ocorre no interior da Terra, só que náo aqui no plano físico, mas na dimensão astral, em regiões da sub-crosta, onde ainda existem inúmeras organizações nazistas em atividade com planos mirabolantes como esse, com a diferença que de fato lá eles possuem a tecnologia para o que pretendem.
     Já nos deparamos com o Mengele, que já está encarnado, trabalhando em desdobramento num laboratório no astral,  assim como o Himmler, ainda com seu projeto Lebensborn. Mas mesmo tendo desarticulado dezenas de bases nazistas nos últimos anos ainda existem muitas delas em atividade e continuam atuando junto a pessoas encarnadas para perpetuar seus planos de dominação.
     Estava em casa e acabei vendo o nome do filme na guia de programação da TV, que logo me chamou a atenção e resolvi verificar. Desde a antiguidade existem histórias sobre habitantes no interior da Terra e de um outro mundo abaixo de nossos pés.
     Temos a Agharta dos budistas, o Hades dos gregos, e por ai vai, mas foi no século XVII que o astrônomo Edmund Haley, aquele que batizou um cometa, veio com essa novidade, de que a terra teria outras esferas por dentro. Daí surgiram várias interpretações místico-esotéricas e teorias que diziam que a Terra era oca e que nos pólos norte e sul, haveriam entradas para esse mundo subterrâneo.
     Não duvidaria que os nazistas acreditassem nessas histórias e que tivessem de fato feito expedições ao Ártico e Antártica, mas náo temos nenhuma evidência concreta disso. Mas a idéia para um filme é boa e como disse, se fosse com outro diretor e muito mais grana, daria um ótimo filme.
     Mas na prática o que descobrimos sobre esse filme é que ele foi inspirado por nazistas no astral para arrecadar energia dos encarnados e assim de fato, continuarem a levar sua vidinha, mais ou menos como no filme, que aliás pode-se dizer que é baseado em fatos reais.
     Ao sintonizar com o filme já nos desdobramos e fomos para num acampamento militar muito movimentado, com vários jipes cheios de soldados circulando apressados, indo em direção a um grande telão, como se fosse uma tela de cinema.
     Esse telão na realidade é uma máquina, um tipo de portal que desdobra quem está assistindo o filme e o leva até esse acampamento militar, onde os soldados nazistas recolhem essas pessoas desdobradas. Ao se aproximar das pessoas, que estão num estado meio que abobalhado, eles injetam um tipo de microchip no pescoço delas, utilizando algo que parece uma pistola de vacinação, é um rastreador para poderem acessá-las mais facilmente depois que voltarem para seus corpos físicos.
     A quantidade de pessoas desdobradas ali era muito grande, na casa dos milhares, e estava sempre chegando mais, o tempo todo que estávamos ali. Havia vários galpões enormes, parecendo angares, para onde essas pessoas eram conduzidas depois de terem sido marcadas pelos soldados.
     Nesses barracões era feito o procedimento de retirada de ectoplasma das pessoas desdobradas, que era armazenado num recipiente parecido com as cápsulas que levaram os astronautas para o espaço, lembrando um cone.
     Iniciamos prendendo os soldados e destruindo o telão-portal interdimensional, para depois retirar o implante das pessoas para poder mandá-las de volta. O implante era uma pequena cápsula fina, comprida e escura. A energia que eles já coletaram estava contaminada e não poderia ser utilizada pelo nosso pessoal por isso foi destruída.
     Mas esse era apenas um local de triagem e retirada de energia, como um curral, e os líderes desse grupo náo estavam ali. Pelo que soubemos esse grupo trabalha com uma equipe de cientistas encarnados que estáo tentando materializar um desses líderes nazi aqui na Terra. Esse filme náo é o único meio deles obterem a energia que precisam pois eles tbm incentivam a criação de documentários sobre a Segunda Guerra, sobre o nazismo e sobre o holocausto e por esses meios eles conseguem "ficar em evidência" na mente das pessoas e movimentam muita energia para seus projetos.
     Ainda levaríamos uns três dias para prender todos os envolvidos, conforme nos alertou o chefe da equipe no astral e no terceiro dia estava eu online no facebook quando um rapaz que havia me adicionado há uns nove antes pq disse que leu me blog e gostou puxou conversa.
     Falamos sobre o trabalho apométrico em geral e ele disse que já participou de um trabalho apométrico por conta da bronquite e que disseram que ele morreu numa câmara de gás na Segunda Guerra, numa vida anterior a essa, e que por isso tem bronquite e falta de ar na vida atual.
     Me senti na obrigação de dizer a ele que esse náo poderia ser o motivo dele ter bronquite, pq a bronquite é um estigma kármico e ele só ocorre quando a própria pessoa provocou o mal a si mesma ou a outra pessoa, ou seja, fumando muito numa vida vc pode comprometer os pulmões e nascer com asma ou bronquite na encarnação seguinte, mas se vc morreu numa câmara de gás contra sua vontade isso não poderia gerar uma deficiência pulmonar em vc na próxima existência.
     Aproveitei para dizer a ele que seria mais provável ele ter sido um nazista e ter mandado as pessoas para a câmara de gás do que ele ter morrido numa e aí ele já disse que desde pequeno tem interesse na guerra e nos nazistas.
     Para não nos estendermos muito, esse rapaz na vida passada era um cientista nazista e tentava criar um vírus mortal para ser usado na guerra como arma biológica. Ele já fazia essas experiências em 1929, dez anos antes da guerra ter iniciado oficialmente, e durante a guerra com os campos de concentração ele teve cobaias para experimentos em larga escala. Ele injetava fungos, bactérias e virus modificados nos pulmões dos prisioneiros judeus, que depois de um tempo eram mortos e tinham seus pulmões arrancados para que ele pudesse estudar os efeitos.
     Ele tinha uma câmara frigorífica cheia de pulmões arrancados dos prisioneiros, pendurados em ganchos. Parece que ele manipulava os virus da tuberculose e da pneumonia pra produzir sua arma biológica.
     O local ainda existe no astral e o rapaz estava lá trabalhando, num lugar que parecia um hospital. Muitos dos espíritos ainda desencarnados e agonizando, sangrando, parecendo filme de terror com pessoas sem os pulmões deitadas em macas, outras vagando com o peito aberto aparecendo as entranhas, uma visáo do inferno, e ele lá injetando alguma coisa na veia de um espírito todo estropiado para ver se ele piorava ainda mais.
     Esse hospital/laboratório era do mesmo grupo dos nazistas no centro da Terra e era o que faltava para terminarmos com a organização toda, mas não tínhamos a localização dele e precisávamos de um espírito com ligação com o local para que através dele pudéssemos localizá-lo.
     Além desse rapaz havia vários outros cientistas e vários outros experimentos em andamento. A finalidade era desenvolver vírus e bactérias para serem introduzidos aqui na nossa dimensão para causar doenças e morte, para que eles pudessem aprisionar as pessoas e conseguir tbm mais energia.
    Bem, os cientistas e demais nazistas foram presos, os encarnados como o rapaz sofreram um intervenção na mente para que não se desdobrem mais para essas frequências e o local foi destruído. Um fato interessante é que fui eu mesmo em supraconsciência que induzi o rapaz a me chamar pro bate-papo no facebook, para podermos localizar a base nazista onde ele trabalhava.
   

Gelson Celistre




6 comentários:

  1. Olá Gelson ! parabéns pelo blog !

    Li o texto acima e fiquei pensando sobre o desdobramento das pessoas que assistem esse filme...

    Isso é comum?

    Seria possível uma investigação da sua parte ao fenômeno mundial da série "The Walking Dead" ? É uma série que se tornou uma febre em todos os países, com índices de audiência elevadíssimos.

    Será que esta série também teria sido criada para desdobrar pessoas para fins nefastos ?

    Confesso que já assisti, amigos meus assistem... E lendo esse seu texto acima fiquei intrigada.

    Obrigado, abraços

    ResponderExcluir
  2. que doideira, imagina contar essa história pro "pastor" Feliciano! hahaha

    ResponderExcluir
  3. Olá Gelson,

    Fiquei muito empolgado quando li o título desse post, já que havia pedido há uns meses atrás para que o senhor escrevesse sobre esse assunto quando tivesse algum tempo (nos comentários: http://apometriauniversalista.blogspot.com.br/2012/09/krazu-o-planeta-prisao.html#comment-form )

    Ao ler a matéria até o fim, me decepcionei um pouco por não ter abordado mais o tema da vida no centro da Terra em si, que me seria muito mais fascinante ler, mas fico grato de qualquer forma por mais uma matéria recheada de informações úteis, além dos alertas importantes sobre a alienação e vampirização que sofremos com a mídia e o entretenimento... de fato, a quantidade de coisas criadas relacionadas a Segunda Guerra é incessante (e a mais preocupante sendo a gigantesca indústria de jogos com esse tema).

    Abraço,
    Roy

    ResponderExcluir
  4. Oi Gelson, bem interessante o post, mas concordo com o Roy, fiquei esperando mais relatos sobre a vida no centro da terra, mas de qualquer forma alguns pontos me despertaram para outras leituras.
    Abraço,

    ResponderExcluir
  5. O objetivo náo era investigar as teorias sobre a Terra Oca e sim relatar o que essa organização nazista estava fazendo com a utilização do filme.
    Abs.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Queria parabenizar você! Seu Blog é fantástico, muito bom.. vou seguir, se puder seguir o meu tbm.

    ResponderExcluir