terça-feira, 17 de setembro de 2019

Relacionamentos amorosos

     Os relacionamentos amorosos são geralmente fatores de grande importância em nossa vida. A vida nos impele a buscar o outro por conta da nossa própria natureza. Casar e ter filhos é visto como um dos propósitos da nossa existência, assim como ter sucesso profissional, e a sociedade geralmente nos cobra essas coisas. 


      Atendemos a distância uma mulher na faixa de idade da loba, que nunca teve um namoro sério, apenas rolinhos como ela disse, pois os homens só se aproximam em busca de sexo sem compromisso, e ela tem a tendência de se apaixonar por homens comprometidos, ficando na ilusão de que eles vão se separar para ficar com ela. 

     Diz que é motivo de piadas dos familiares por não ter se casado ainda e isso a afeta psicologica e emocionalmente. É uma mulher fisicamente dentro dos padrões normais, bonita e que se cuida. Como é comum nesses casos já procurou de tudo para tentar resolver o problema, fez trabalhos na Umbanda, no Candomblé, limpezas, oferendas, etc., mas nada dá resultado.
     No atendimento nós a desdobramos e trouxemos até nós, e junto com ela veio um espírito feminino que pediu para ser chamado de "Madame". Este espírito incorporou numa das médiuns e rindo meio debochada já foi dizendo que a consulente que estávamos atendendo era muito desastrada, burrinha, e que tinha um gênio dos infernos, que ela tentava ajudá-la mas era muito difícil.
     Disse que era muito famosa no astral e que a consulente a procurou em desdobramento. A princípio afirmou que não a conhecia de outras vidas. Perguntei a ela sobre sua última existência como foi, e ela disse que era uma curandeira e parteira numa zona rural e que morava no tronco oco de uma árvore, o que constatamos ser tudo verdade. Porém, o que ela omitiu é que paralelamente a estas atividades ela era uma feiticeira e que a consulente era sua aprendiz. 
     A Madame apresentou para sua aprendiz um homem pelo qual ela era apaixonada e com quem tencionava se casar, mas se em termos de feitiçaria a consulente era uma aprendiz, em termos de relacionamentos ela era mestre, pois "roubou" o homem da outra e engravidou dele. Quando a Madame descobriu ficou com muito ódio da consulente e lhe deu sem que ela soubesse uma bebida abortiva, que a fez perder o bebê, sem entretanto saber que a sua mentora tinha feito isso. A consulente acabou casando com o tal homem e seguiu sua vida.
     Na vida atual em busca de resolver sua situação em desdobramento foi atrás da antiga mentora no astral acreditando que ela fosse sua amiga, mas Madame aproveitou para se vingar dela, agindo para que nenhum relacionamento da consulente desse certo, além de a maltratar no astral. Madame era um espírito bem peculiar, tinha o corpo de um abutre com asas, a cabeça humana, e umas braços "mecânicos" com garras, saindo das costas dela, uma versão sinistra do Dr. Octopus do filme do Homem-Aranha. Quando chegou estava segurando o espirito da consulente com uma dessas garras. Uma das médiuns fez um desenho de como era a Madame, que foi presa e teve sua mente apagada.


     Logo em seguida se aproximou outro espírito feminino que também obsidiava a consulente, juntamente com vários outros, sendo que essa teve o marido "roubado" pela consulente em uma outra vida. Era muito cheia de si, era bonita e elegante, estava com um vestido azul acqua, e dizia que além de sozinha, ela queria que a consulente ficasse louca. Disse que a consulente tirou a felicidade dela, que morava numa casa linda e maravilhosa, e que a consulente não se satisfez em ser mais uma amante do marido dela, queria tudo.
     Acabamos descobrindo que a consulente a matou envenenada, com a ajuda do marido dela, pois queria ocupar o lugar dela. Mas também descobrimos que essa mulher também matou a esposa anterior desse homem do mesmo jeito. Retiramos ela, apagamos a mente, e também os outros espíritos que obsidiavam a consulente também, inclusive incitando os familiares a farezerem as tais piadas sobre ela não ter marido. 
     Nessa busca por um marido a consulente acaba abrindo frequências de vidas passadas onde seu poder de sedução era elevado, numa tentativa de obter na vida atual o mesmo sucesso com os homens, mas por efeito kármico ela acaba se conectando com quem foi "vítima" dela e piora sua situação.
     Vimos também que por conta da solidão que sente ela se desdobra numa frequência onde era casada, para ter a satisfação de se ver com um marido, vive uma vida meio que paralela no astral, só que vários espíritos diferentes se apresentam para ela como se fossem o marido para fazer sexo com ela e a vampirizar, o que tem acontecido há bastante tempo. Fechamos essa frequência dela, mas é provável que ela reabra outra similar.
     Em várias vidas a consulente foi uma mulher muito bonita e sedutora e tirou o marido, noivo, namorado, crush, paquera, etc. de várias outras mulheres, parece que tinha algum fetiche por homens comprometidos, e acabou arruinando a vida de muitos casais e famílias. A mulher que ela matou envenenada juntou várias mulheres e filhos dos casais que ela destruiu para a obsidiar.
     O karma que ela está resgatando, que é o retorno das ações dela nessas vidas passadas, é o de querer muito um companheiro mas não conseguir, de ser iludida por homens casados, de ser debochada por mulheres que no passado ela roubou o marido, enfim toda sorte de infelicidade em relacionamentos amorosos.
     A retirada dos obsessores e o fechamento destas frequências vai amenizar a situação, mas provavelmente ela vai abrir outras frequências e procurar outros trabalhos para realizar seu desejo e assim vai precipitando o karma dela com mais intensidade, sendo que dificilmente ela vai conseguir a felicidade que deseja num relacionamento.

Gelson Celistre



2 comentários:

  1. Mas apos fechar uma frequência, a pessoa poderia abrir uma outra? levando a atrair obsessores parecidos? Se for assim então a apometria até pode ser eficaz, mas isso dependeria muito da mudança de atitude de cada um. É como o exemplo de um fumante que tem o vicio de fumar uma carteira de cigarros por dia e, embora seja avisado de todas as formas que se ele não abandonar o vicio ele vai adquirir varias doenças pulmonares, ainda assim ele não se esforça para partir para uma vida mais saudável. Imaginei que a Apometria era uma tecnica bem eficiente no sentido de resolver definitivamente questões espirituais complexas. Mas, claro, tudo vai depender do que a pessoa aprenderá apos a solução de sua angustia. Ainda pedirei uma verificação para mim em breve pois tenho tido muitos problemas que se repetem e simplesmente não consigo me livrar deles. Sou espiritualista e leio bastante sobre todos essas questões espirituais. Se como elas conseguem interferir em nossas vidas. Quando o fizer, terei o cuidado de não repetir mais meu possíveis erros.

    ResponderExcluir
  2. Sempre depende de mudanças da pessoa. A apometria não pode fazer o trabalho que compete unicamente a própria pessoa, mas pode eliminar energias que ela sozinha não conseeguiria e assim facilitar essa mudança que ela precisa fazer. Se o carro atola e você não consegue sair nós podemos tirar o carro do atoleiro para que você possa seguir sua jornada.

    ResponderExcluir